16 anos de Faperp

0
65

A Faperp – Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto comemora dia 20/09 (quinta feira), 16 anos de existência. .
Um evento que começa às 18h30 marca a data.
A abertura será feita pelo diretor-presidente , Prof. Dr. Antonio José Manzato .
O evento conta com palestras do Prof. Dr. Wilson Maurício Tadini – “ Faperp, 16 anos: da gênese ao momento atual” e do Dr. Sérgio Clementino – “ Fundações e o terceiro Setor”.
Um coquetel será servido aos convidados.

Saiba mais sobre a Faperp

Idealizada por representantes do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) da Unesp, câmpus de São José do Rio Preto, e por um grupo de pessoas ligadas aos segmentos das áreas jurídica, empresarial, tecnológica, agrícola, saúde, administração pública e comunicação, a Faperp foi criada em 16 de setembro de 1996.
Inicialmente instalada em uma sala cedida pelo Ibilce, a Faperp protagonizou rápido crescimento, com atividades sempre voltadas ao desenvolvimento científico, tecnológico, cultural e educacional da cidade e região.
Como instituição de direito privado, é fiscalizada pelo Ministério Público, que acompanha as suas atividades e aprova suas contas. É administrada por uma diretoria e supervisionada por um conselho curador, ambos formados por representantes da sociedade rio-pretense que trabalham voluntariamente.
Para contribuir com o desenvolvimento científico e cultural, a Faperp concede auxílios a eventos e pesquisas. A instituição atua em diversas áreas, exercendo atividades como as de administração de cursos Lato Sensu, extensão e difusão, realização de concursos públicos em todo o território nacional e de projetos de captação de recursos.
A Faperp é também responsável pela administração financeira e das atividades de inúmeros projetos culturais, científicos e educacionais realizados em São José do Rio Preto, como os Núcleos de Arte e a Escola de Educação Infantil Célia Homsi de Melo.

Declarada de utilidade pública em nível Municipal (Lei 8505, de 29 de novembro de 2001) e Estadual (Lei 11292, de 16 de dezembro de 2002), a Faperp atende a demanda de empresas privadas, entidades e órgãos públicos. Nesse último caso, com dispensa de licitação, conforme estabelece o inciso XIII, do art. 24, da Lei 8666, de 21 de junho de 1993, que regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal.
( fonte- site da Faperp)

Artigo anteriorMúsica e lazer
Próximo artigoRotary convida para a Chopp Fest
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.