Eplast realiza campanha do agasalho

0
35
Eplast

No último dia 22, chegou ao fim o prazo para arrecadação de roupas da Campanha do Agasalho 2022 da Eplast, que conseguiu o impressionante número de 7065 peças entre roupas de inverno, cobertores e calçados em menos de 1 mês de ação.

Com 70 colaboradores, a empresa que tem sua sede em Rio Preto, durante o mês e conforme o fluxo das arrecadações entregou boa parte para o fundo social de Solidariedade, outra para o Centro Social Estoril – creche irmã Julieta e nesta fase final, cerca de 4000 peças serão encaminhadas para o Nordeste, através de parceria com a ONG AMIGOS DO BEM para as famílias atingidas pelas recentes enchentes.

Este ano, para impulsionar ainda mais o número de arrecadações, a empresa de polímeros criou a LIGA DE SUPER HERÓIS EPLAST para juntos acabarem com o frio. Foram seis equipes representadas cada uma por um super-herói, no qual a que mais conseguisse roupas e agasalhos ao final da campanha, seus membros receberiam um bônus em seus cartões de benefícios.

“Essa foi uma forma de impulsionarmos ainda mais a arrecadação e de deixar o clima mais gostoso, no qual, tudo tornou-se uma brincadeira e disputa para quem conseguisse trazer mais agasalho.  Assim, todo mundo saiu ganhando” Afirma Cléo, gestora de RH.

A “brincadeira” deu tão certo que em menos de 10 dias, foram arrecadados mais de  4000 peças entre roupas  e cobertores novos que devido à queda na temperatura, já foram entregues .

Sobre a EPLAST

Há mais de 10 anos, a Eplast Polímeros tem sido um dos maiores conectores entre a cadeia petroquímica, a indústria de transformação e os clientes finais. Em crescimento e expansão contínua negocia produtos de excepcional qualidade em suas unidades comerciais e operacionais posicionadas em pontos estratégicos.

Artigo anteriorFérias : Confira diferentes sugestões para curtir o período
Próximo artigoArena XP, complexo de esporte, entretenimento e gastronomia inaugura na Faria Lima
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.