Complexo Viário das Avenidas Mirassolândia e Domingos Falavina custa quase 25 milhões e deve ficar pronto em 18 meses

0
391
Complexo Viário das Avenidas Mirassolândia e Domingos Falavina custa 25 milhões e deve ficar pronto em 18 meses
Complexo Viário das Avenidas Mirassolândia e Domingos Falavina custa 25 milhões e deve ficar pronto em 18 meses

Edinho Araújo assinou na manhã desta sexta, 6, a ordem de serviço para início das obras do Complexo Viário das Avenidas Mirassolândia e Domingos Falavina.

A obra, orçada em R$ 24.809.999,92, tem prazo de 18 meses para ser concluída.   Resolve os problemas de tráfego no encontro da Rua Capitão Faustino e Avenida Dr. Ernani Pires Domingues, na rotatória que acessa as avenidas Domingos Falavina e Mirassolândia.

A obra que foi projetada com acessibilidade e iluminação. O projeto contempla  a construção de três pontes sobre o Córrego Piedade. Ainda, tem seis alças de acesso que contribuirão para melhoria do sistema viário no local. Deve  eliminar os gargalos no acesso à região Norte.

“Este vai ser nosso maior complexo viário.   Contribui não só para melhorar a mobilidade urbana, mas também para o desenvolvimento da cidade. Vamos eliminar congestionamentos no local.  Diminuir o número de acidentes e com isso melhorar a vida dos moradores comerciantes da região norte”, disse o prefeito.

 

De acordo com informações da empresa contratada para a construção, a Constroeste, serão usados 6,5 mil metros cúbicos de concreto e 800 toneladas de aço no serviço.

“Essa obra foi minuciosamente projetada para contemplar todas as exigências do tráfego, com acessibilidade e iluminação pública”, informou o secretário de Obras, Sérgio Issas.

 

Além disso, serão realizadas obras de melhoria do pavimento das ruas próximas.  Entre elas estão a Rua do Rosário, Rua Antonio Maior e Rua Wander Ferreira da Silva.  Assim como as Avenidas Capitão Faustino de Almeida, Domingos Falavina, Mirassolândia e Dr. Ernani Pires Domingues.

O projeto também prevê a proteção do talude do Córrego Piedade. Isto evitar erosões do solo no entorno da obra.

 

“Como o projeto é de muito boa qualidade acreditamos que não teremos intercorrências. e será possível entregar a obra no prazo estabelecido”, afirmou o diretor da ConstroesteDener Fernandes Beato.

Artigo anteriorNova agência da Sicredi Noroeste SP é inaugurada em Rio Preto
Próximo artigoVisita traz Royal Star, Marina Complexo Náutico, Associação Renascer e Caminhada da Família Agerip
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.