Olímpia registra maior visitação da história com 3,5 milhões de turistas em 2022

0
143

Considerado um dos destinos turísticos mais visitados do Estado de São Paulo e do país, em um cenário cada vez mais promissor, a Estância Turística de Olímpia superou a expectativa de visitação esperada para 2022 e registrou o maior fluxo da história da cidade, com cerca de 3,5 milhões de turistas ao longo do ano.

O dado é do Boletim Anual de Ocupação, elaborado pela secretaria de Turismo e Cultura em parceria com o ORTE – Observatório Regional de Turismo e Eventos de Olímpia e divulgado nesta terça-feira (17).

O resultado aponta um crescimento de mais de 20% em comparação com a ocupação registrada em 2019, que havia sido a maior até então, com quase 2,9 milhões de visitantes, tendo em vista ainda que, em 2020 e 2021, a visitação foi impactada pela pandemia, que suspendeu as atividades turísticas e comprometeu o funcionamento pleno dos serviços e o consequente o fluxo de visitantes em todo o país.

default

O quantitativo anual considerou as ocupações registradas tanto nos meios de hospedagem regulamentados, que é o caso dos hotéis, pousadas e resorts, como também os imóveis de temporada cadastrados pelo município no RHC – Registro de Hospedagem Caseira, que possuem grande demanda na cidade. Vale ressaltar que a visitação de Olímpia pode ser ainda maior, uma vez que não são contabilizados os visitantes que frequentam os atrativos da cidade sem se hospedar, na modalidade day use.

Segundo os levantamentos mensais, os meses de maior fluxo, em 2022, foram Janeiro (448.906 turistas hospedados), Julho (373.774) e Dezembro (410.854), que são os meses considerados de alta temporada devido às festividades de fim de ano e também às férias escolares, períodos propícios para o aumento das viagens.

Importante destacar ainda que, apesar dos impactos da pandemia, o município manteve investimentos aquecidos no setor, inclusive com a inauguração de novos empreendimentos hoteleiros e atrativos turísticos, que tem movimentado cada vez mais a cidade, que hoje é o 2º maior polo hoteleiro de todo o Estado de São Paulo e um dos maiores do Brasil, com cerca de 34 mil leitos de hospedagem.

“O turismo é o principal motor da economia de Olímpia, representando cerca de 65% das atividades e serviços da cidade. A pandemia provou a importância do setor para o crescimento do município, que, mesmo com os desafios, se manteve ativo e atraindo novos investimentos. Agora, com a retomada, o desenvolvimento foi ainda mais impulsionado em diversos setores, com o andamento de novas obras estruturantes para a cidade e novas empresas, equipamentos e serviços que chegam, unindo a iniciativa pública e privada em uma cadeia que gera emprego, renda e contribui para melhorar também a qualidade de vida da população. Neste ano que se inicia, continuamos nosso trabalho para a concretização de grandes projetos e conquistas, ampliando o reconhecimento de Olímpia cada vez mais”, enfatiza o prefeito Fernando Cunha.