A Estância Turística de Olímpia, Capital Nacional do Folclore, realiza Folk Dance Fest

0
37

 A  Associação Olímpia para Todos, entidade sem fins lucrativos, realiza o “Folk Dance Fest – Edição 2018”. O festival acontece no período de 10 a 17 de novembro de 2018. O evento tem a presença de grupos de danças folclóricas internacionais.

A   programação contempla apresentações de palco noturnas. Acontecem, também, workshops,  Simpósio de Folclore e Sustentabilidade, e a Feira Internacional de Artesanato e Economia Criativa. Paralelo haverá, ainda o Festival Internacional de Gastronomia e o Seminário Internacional de Turismo Cultural.

Para a realização do Folk Dance Fest, a entidade se associou ao CIOFF – Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e Artes Tradicionais. Trata-se de uma  entidade mundial que trabalha pela salvaguarda, promoção e difusão da cultura tradicional. Está presente em 103 países.

O evento também conta com o apoio da Prefeitura de Olímpia. Tem   a parceria da Secretaria Municipal de Turismo. Para a realização do Simpósio e Seminário foi firmada a parceria com o Curso de Turismo da UNIESP – Polo Olímpia.

O Folk Dance Fest terá como local de realização a Praça da Matriz e Praça Rui Barbosa.  Oferecerá praça de alimentação, a participação da Feira de Artesanato “Olímpia Mostra Olímpia”. Terá  área coberta com cadeiras para o conforto do público.

A logomarca do Folk Dance Fest é uma criação do artista  olimpiense Zé Otávio.

A dança, arte e a música de diferentes culturas, de norte a sul do Brasil, de leste a oeste do planeta são a inspiração do Folk Dance Fest – Edição 2018.

Artigo anteriorMaria Cecília e Rodolfo no Chopp Fest, Wanna Rock Festival e Beer & BBQ tem Edição Oktoberfest
Próximo artigoVisita traz Roda de Samba, Churrascão Sertanejo, Pouso e Decolagem e o Lançamento do Wanna Rock Festival
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.