Festival do Folclore de Olímpia vence o Prêmio Governador do Estado 2023

0
321

Conquistando reconhecimento cada vez maior em todo o país, o Festival do Folclore de Olímpia acaba de receber uma premiação inédita. Na noite dessa terça-feira, 12 de dezembro, o Prêmio Governador do Estado 2023 sagrou o FEFOL campeão pela realização da 58ª edição, de 2022.

Esta é a segunda vez que o FEFOL ficou entre os finalistas da premiação, vencendo, neste ano, a categoria “Iniciativas Culturais – Setor Público”. O escolhido de cada categoria recebe um troféu comemorativo e ainda um montante de R$ 35.500 pela conquista para investimentos no setor.

Realizado, desde 1950, o Prêmio Governador do Estado de São Paulo é a mais alta condecoração que valoriza o setor cultural. Para a escolha dos premiados, o processo de escolha é dividido em três etapas. Primeiro, seis comissões compostas por profissionais de reconhecida experiência e conhecimento na área cultural propõem cinco realizações de grande relevância para a cultura, economia e indústria criativas de São Paulo em 2022 e os respectivos responsáveis por cada uma dessas realizações nas categorias descritas.

Em seguida, a secretária da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Marília Marton, e um Conselho Estadual da Cultura, Economia e Indústria Criativas, selecionam as cinco realizações finalistas em cada categoria e seus respectivos responsáveis. Por fim, o Governador do Estado, Tarcísio de Freitas, define os premiados, sendo uma realização ganhadora para cada categoria. No total, foram 13 categorias premiadas.

O 58º Festival do Folclore de Olímpia foi representado, na ocasião, pela atual secretária de Turismo e Cultura, Raquel Crepaldi Righetti, vencendo outros importantes eventos culturais no Estado como a Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, a Festa Literomusical de São José dos Campos, o Festival Geek de Santos e o Projeto Vozes da Independência, de São Paulo.

Na cerimônia de premiação, realizada no Palácio dos Bandeirantes, a secretária agradeceu a conquista e ressaltou a importância do FEFOL para preservação da cultura.

“Em nome da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia e do prefeito Fernando Cunha, gostaria de agradecer ao governador Tarcísio e à secretária Marília e dizer que é uma honra muito grande estar aqui neste dia de hoje. Nossa cidade respira cultura. Em 2024, completaremos 60 anos de realização do Festival do Folclore e, em 2022, no 58º festival, tivemos um recorde de público. Foram 160 mil pessoas que passaram pelo nosso Recinto. Dizemos que, em agosto, o Brasil se encontra em Olímpia porque recebemos manifestações culturais e artísticas do país todo e é com muita alegria que nós levamos esse prêmio pra toda a cidade, pra que nos fortaleça e possamos continuar fazendo esse lindo festival”, discursou Raquel Crepaldi.

O FESTIVAL

A Estância Turística de Olímpia, Capital Nacional de Folclore e Terra das Águas Quentes, realiza, todos os anos, no mês de agosto, sua festa maior que reúne a cultura popular de todo o Brasil. O Festival do Folclore de Olímpia – FEFOL tem o objetivo de preservar a cultura brasileira, recebendo grupos folclóricos e parafolclóricos de todas as regiões do país, que mostram sua riqueza, costumes e tradições, no Recinto de Exposições e Praça de Atividades Folclóricas e Turísticas “Professor José Sant’anna”, o popular Recinto do Folclore.

Em 2022, o FEFOL registrou público recorde, reunindo mais de 160 mil pessoas em nove dias de festa, recebendo mais de 50 grupos de todas as cinco regiões do país e homenageando a Associação Folclórica Boi de Mamão do Pantanal, de Florianópolis, um dos grupos mais tradicionais de Santa Catarina.

Sob coordenação da então secretária de Turismo e Cultura e presidente da Comissão Organizadora, Priscila Foresti, o 58º FEFOL marcou a retomada da festa presencial, após dois anos de evento online híbrido devido à pandemia, em uma edição histórica, que, além do público presencial, atravessou fronteiras, registrando mais de 100 mil visualizações nas transmissões ao vivo da programação, no Youtube e Facebook, com pessoas alcançadas até mesmo em outros 20 países.

A programação gratuita do festival conta, além de apresentações de danças e folguedos folclóricos, com palestras, gincana e oficina de brinquedos tradicionais infantis, exposição de artesanato, festival de violeiros, culinária brasileira, desfile, atividades em escolas e nas ruas e muito mais. Em 2024, a festa mais tradicional de Olímpia completa 60 anos, homenageando sua terra natal e ícones importantes de sua história, de 03 a 11 de agosto, com o tema “Olímpia: O Solo Sagrado da Cultura Brasileira”.

Leia também:

Conheça o Canal Malu Visita no Youtube