FIT começa amanhã com o espetáculo “Otelo”

0
112
Compartilhe

 

A 16ª edição do Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto tem início neste sábado (9/7)

O espetáculo que abre a programação é a montagem do clássico de Shakespeare, “Otelo”, da Cia. Teatral Viajeinmóvil, do Chile, com sessão às 19h e 21h, no Teatro Municipal Paulo Moura, localizado no Complexo de Educação e Cultura Swift, em frente ao Lago 1 da Represa Municipal.

A peça foi escolhida para homenagear a obra do poeta, ator e dramaturgo inglês William Shakeaspeare, tido como o maior escritor do idioma inglês e o mais influente dramaturgo do mundo, já que 2016 marca os 400 anos de sua morte.

Os 50% de ingressos distribuídos antecipadamente, disponíveis para as duas sessões de “Otelo”, esgotaram na última quarta-feira, porém os outros 50% serão distribuídos antes de cada apresentação, no teatro Paulo Moura, uma hora antes do espetáculo, por ordem de chegada. Os interessados devem levar 1 kg de alimento não-perecível (exceto sal) para a troca. A classificação etária da peça é 14 anos.

Neste ano, o FIT traz quase 69 apresentações e ações culturais, sendo 19 espetáculos selecionados que somam 45 apresentações em sua grade principal, nove outras apresentações de seis peças teatrais convidadas para a Mostra Paralela e a exibição de um documentário, 10 apresentações de músicos e bandas que acontecerão na Mostra Musical, além de quatro atividades formativas.

Os espetáculos selecionados nesta edição são de companhias de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Pernambuco. Os internacionais são representados por Chile e Argentina.

Neste sábado, além de “Otelo”, haverá apresentação do espetáculo “Sabiás do Sertão – Teatro Musical Brasileiro em um ato, uma chegança e uma andança”, da Cia. Cênica, de Rio Preto, e também de “Longos Anos”, da Cia. Hecatombe, também de Rio Preto.

Paralelas

Neste ano, o FIT terá outras duas grades que agregarão mostras paralelas ao festival, trazendo mais teatro e também música para a programação.

Uma destas grades é exclusivamente teatral e trará espetáculos de companhias locais, que receberam incentivo para montagem e circulação, por meio do Programa Nelson Seixas de Fomento à Cultura, o Cultura para Todos, da Prefeitura de São José do Rio Preto e também espetáculos beneficiados com o Proac (Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo).

A mostra teatral paralela conta com seis espetáculos diferentes, que totalizam nove apresentações, e mais um documentário.

Outra mostra paralela dentro da programação do FIT será musical. Apresentações de músicos locais e regionais, além de alguns também  selecionados pelo Programa Cultura Para Todos (Nelson Seixas), estão previstas para permear o festival. Essas apresentações serão concentradas num palco montado especialmente para este fim, no estacionamento da Swift.

Serão dez atrações musicais diferentes durante a realização do FIT. Os shows musicais serão parte integrante do Festival de Gastronomia de São José do Rio Preto – Food Truck 2016, realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo, que acontecerá concomitantemente às apresentações teatrais e que entra como parceiro na programação do FIT.

Festival de Gastronomia 

O Festival de Gastronomia de São José do Rio Preto – Food Truck 2016 oferecerá pratos variados entre salgados, doces e cervejas artesanais, visando prover o público do FIT e agregar novos públicos que buscam esse tipo de evento que une cultura e gastronomia.

 

 

Confira mais informações sobre o FIT no portal da Prefeitura: riopreto.sp.gov.br .


Compartilhe
Artigo anteriorMóveis Casa Verde inaugura outlet em Mirassol
Próximo artigoFIT apresenta Festival de Gastronomia Food Truck 2016
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.