Interiores, Mostra de Cinema da Diversidade Sexual, começa quinta, no Sesc Rio Preto

0
126
Interiores, Mostra de Cinema da Diversidade Sexual, começa quinta, no Sesc Rio Preto

Um panorama da diversidade sexual e de gênero será apresentado em Rio Preto entre os dias 8 e 10 de junho de 2017. Trata-se da sexta edição da INTERIORES – Mostra de Cinema da Diversidade Sexual. A mostra é realizada pelo Gada (Grupo de Amparo ao Doente de Aids). O evento tem apoio do Sesc Rio Preto, onde serão exibidos longas e curtas que dialogam com o universo LGBTI.

O objetivo da Mostra INTERIORES é revelar, por meio da sétima arte, a diversidade sexual. Mostrar as nuances de gênero em seus múltiplos aspectos, contribuindo para a minimização do preconceito e estigma.

As cores das ruas

“A pluralidade humana, sexual e afetiva, sempre esteve em pauta na história do cinema. Por isso, resolvemos criar, aqui mesmo em Rio Preto, uma programação que contasse um pouco destes vastos mundos , que rodeiam o cotidiano de todos e estão nas telas do mundo inteiro”, destaca Fábio Takahashi, coordenador do evento.

Três produções locais são destaque na grade de curtas: “#Ainda Mais Apaixonadinho”, do cineasta Alexandre Estevanato, “Fica Comigo, Helena”, da jovem Ana Paula Olentino, e “Questão de Pele”, do rio-pretense Guilherme Pama, que terá sua estreia nacional na Mostra INTERIORES.

Além dos filmes, o evento também contará com um bate-papo com esses realizadores, logo após a sessão do dia 10 de junho (sábado).

A equipe de curadoria é  composta pelos jornalistas Harlen Félix ,  Guilherme Lamenha e  Lufe Steffen. Para eles a inclusão de filmes locais na programação é importante, como promoção e fomento à crescente produção audiovisual na cidade e região.

Na abertura da Mostra INTERIORES, no dia 8 de junho, será exibido o documentário dirigido por Angela Zoé, “Meu Nome é Jacque”. Terá  a presença de Jacqueline Rocha Côrtes, e do jovem diretor Felippe Francisco, com seu curta “As Cores das Ruas”.

Na sexta-feira, dia 10 de junho, a diretora Lívia Perez e o jornalista João Silvério Trevisan estarão no bate-papo após a exibição de “Lampião da Esquina”, documentário sobre o primeiro jornal gay do Brasil, na década de 1970.

E, no fechamento do evento, Carolina Ferraz interpreta a travesti Glória, junto com Sandra Corveloni e Carol Marra, no longa “A Glória e a Graça”, com direção de Flávio Ramos Tambellini.

Point alternativo de Rio Preto, o Barteliê Gastrô, no bairro Eldorado sediará, na noite de sexta-feira (10 de junho), uma sessão de autógrafos do jornalista João Silvério Trevisan, que trará alguns livros de sua bibliografia.

VI INTERIORES – MOSTRA DE CINEMA DA DIVERSIDADE SEXUAL

Quando: 8 a 10 de junho

Onde: Sesc Rio Preto (Av. Francisco Chagas de Oliveira, 1333)

Quanto: Gratuito

Informações: www.gada.org.br ou mostrainteriores.blogspot.com

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 08 de junho – Quinta-feira – 19h30

Curta de abertura: As Cores das Ruas – Direção Felippe Francisco – 25´

Meu Nome é Jacque – Direção: Angela Zoé – 1h12

Dia 09 de junho – sexta-feira – 20h

Curta de abertura: Solidão – Direção: Edu Lima – 12´
Lampião da Esquina – Direção: Lívia Perez – 1h25
Dia 10 de junho – sábado

15h – Sessão de curtas

Ainda Mais Apaixonadinho – Direção: Alexandre Estevanato – 14´

Lightrapping – Direção: Márcio Miranda Pérez – 21´

Fica Comigo Helena – Direção: Ana Paula Olentino – 8´

Love Snaps – Direção: Daniel Ribeiro e Rafael Lessa – 14´

Questão de Pele – Direção Guilherme Pama – 15´

Cinemão – Direção: Mozart Freire – 15´

Horizonte de Eventos – Direção: Gil Baroni – 15´

Bate-papo com os realizadores após a sessão.

18h – A Glória e a Graça – Direção: Flávio Ramos Tambellini – 1h35

Interiores, Mostra de Cinema da Diversidade Sexual, começa quinta, no Sesc Rio Preto
Lampião da Esquina

 

Artigo anteriorA dupla sertaneja Zé Neto & Cristiano está na próxima campanha da cerveja Crystal
Próximo artigoExposição “Bem-Me-Quer” colore o Riopreto Shopping em junho
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.