Nascente Azul desperta a consciência ambiental nas crianças

0
48
Compartilhe

Mais do que um complexo de lazer e ecoturismo, a Nascente Azul exerce um importante papel na conscientização ambiental de seus visitantes, com destaque para as crianças. É em meio aos cenários mais privilegiados de Bonito (MS) que os pequenos têm a oportunidade de entrar em contato direto com a natureza em toda sua plenitude e entender conceitos como sustentabilidade e equilíbrio ambiental.

A Nascente Azul investe na inclusão da comunidade local através de programas sociais, como o Nascente Educa, em que o atrativo recebe crianças de escolas públicas de Bonito e região. Enquanto se divertem com as atrações, os estudantes aprendem sobre responsabilidade ambiental com os experientes guias da Nascente Azul, que reforçam a importância de cuidar da natureza no dia a dia.

Essa ação é fundamental para que as crianças de Bonito entendam mais sobre esse bioma tão rico e diferenciado onde vivem e possam, assim, valorizá-lo.

Com as mudanças climáticas, espécies ameaçadas de extinção e recursos naturais cada vez mais escassos em todo o mundo, engajar a sociedade a favor da preservação do meio ambiente nunca foi algo tão relevante. É ainda mais importante despertar a consciência ambiental da nova geração, formando indivíduos preocupados com os problemas ambientais – e não há maneira melhor de conseguir isso do que através de experiências divertidas.

As crianças que visitam a Nascente Azul com seus pais ou responsáveis podem começar o dia, por exemplo, com a flutuação no Rio Nascente Azul. Ali, os visitantes mirins entendem como o rio é formado com a água que brota do solo e como ele pode ser em sua forma mais pura, antes de sofrer com a ação humana. Eles também descobrem todo um ecossistema em equilíbrio ao redor do rio – peixes de diversas espécies, plantas aquáticas e mata ciliar.

Antes de entrar nas águas cristalinas da nascente, o grupo atravessa uma trilha contemplativa, onde um observador mais atento pode avistar macacos, antas e aves silvestres pelo caminho. A Nascente Azul abriga ainda lagos, cachoeira de tufas calcárias e exuberante vegetação nativa.

Todas as atividades disponíveis, do mergulho no Museu Subaquático de Bonito ao circuito de aventura do Balneário, da tirolesa às trilhas, foram elaboradas de maneira sustentável e oferecem um ambiente propício para que as crianças possam aprender sobre a preservação da natureza e valorizar o meio em que vivem. A Nascente Azul investe há mais de 10 anos no monitoramento ambiental, respeitando as normas e legislações ambientais vigentes, com número limitado de visitantes.

Nascente Azul

Rodovia Bonito Bodoquena, km 22 – Bonito/MS

Para aquisição dos passeios, entre em contato com as agências locais

Mais informações em: nascenteazul.com.br


Compartilhe
Artigo anteriorSummit Hotéis, opção para o feriado da Sexta Feira da Paixão e Páscoa
Próximo artigoSesi Rio Preto recebe espetáculo infantil ‘Era uma vez… A Cigarra e a Formiga’ 
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.