Litoral Norte de São Paulo atrai turistas com temporada de avistamento de cetáceos

0
66

Todos os anos, entre junho e novembro, o Litoral Norte de São Paulo se transforma em um dos principais destinos para o avistamento de cetáceos no Brasil. As cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, que compõem o Circuito Litoral Norte, registram números crescentes de avistamentos de baleias e golfinhos a cada temporada. Essa atividade não apenas enriquece a oferta turística da região, mas também promove o turismo sustentável.

A fauna marinha do Litoral Norte é notavelmente rica e diversa, abrigando quatro espécies de baleias e sete espécies de golfinhos, além de tartarugas, raias-manta, tubarão-baleia e uma variedade de aves pelágicas. Entre as espécies mais fascinantes estão as baleias jubarte, visíveis principalmente entre maio e agosto, que migram das águas frias do hemisfério Sul para as águas mais quentes do Brasil para reprodução.

Circuito Litoral Norte

O Circuito Litoral Norte tem atuado de forma constante no apoio ao desenvolvimento do turismo de observação de cetáceos. A infraestrutura de píeres de embarque e desembarque, juntamente com operadores e embarcações adequadas, é essencial para garantir uma experiência segura e responsável para os turistas.

Além disso, para assegurar a proteção dos cetáceos e a sustentabilidade desta prática, são estabelecidas regras estritas de conduta durante o avistamento. É proibido, por exemplo, aproximar-se de qualquer cetáceo a menos de 100 metros e perseguir os animais. Também são proibidas a interrupção do curso natural dos cetáceos e a prática de mergulho ou natação com essas espécies.

Essas diretrizes são essenciais para minimizar o impacto ambiental e garantir que o turismo de avistamento continue sendo uma fonte de fascínio e educação ambiental para residentes e visitantes. Por meio dessas práticas responsáveis, o Litoral Norte de São Paulo solidifica sua posição na chamada Rota das Baleias, atraindo turistas nacionais e internacionais interessados na rica biodiversidade marinha da região.

Projeto Baleia à Vista

Para o idealizador do Projeto Baleia à Vista, Julio Cardoso, a presença das baleias jubarte na região já se transformou em uma grande atração turística de inverno.

“De maio a agosto elas têm passado por aqui e podem ser vistas. Este ano, as baleias juvenis, de um ou dois anos de idade, chegaram mais cedo e estão se alimentando por aqui. São baleias que desmamaram há pouco tempo e precisam se alimentar para sobreviver. Elas têm comportamento diferente, chegam mais perto da costa à procura de alimentos e chegam perto dos barcos por curiosidade. Nós, do Projeto Baleia a Vista, estamos acompanhando várias delas ”.

Já o secretário de Turismo de Bertioga, Ney Carlos da Rocha, destaca a importância desse tipo de turismo de experiência na região.

“O Litoral Norte de São Paulo ocupa uma posição estratégica. estamos na rota migratória das baleias que se deslocam do sul do país, passando pelo canal de Bertioga, atraídas pela abundância de crustáceos e matéria orgânica. Este tipo de turismo é benéfico por respeitar o habitat natural dos animais e por ser uma fonte de renda valiosa. gera uma série de empregos diretos e indiretos, desde os guias de avistamento e pilotos de embarcações até a manutenção de barcos, operações de marinas, restaurantes e a rede de hospedagem. Isso fortalece o turismo ecológico e impulsiona a economia regional”.

Também ciente da relevância da temporada para o turismo regional, o secretário de Turismo de Caraguatatuba, Rodrigo Tavano diz:

“a atividade de avistamento de cetáceos tem uma importância fundamental para o Litoral Norte. Este contato nos aproxima da natureza e sensibiliza sobre a necessidade de preservação ambiental e do desenvolvimento do turismo sustentável na nossa região”.

Ilhabela, no ano passado, registrou mais de 780 avistamentos de baleias, o que aumenta a expectativa para a temporada de 2024. Desde 2021, a cidade vem trabalhando na estruturação desta atividade, investimento em educação ambiental, qualificação do trade de turismo e promoção, envolvendo importantes parceiros: Instituto Baleia Jubarte, Projeto Baleia a Vista e VIVA Instituto Verde Azul. Neste ano, inclusive, haverá o lançamento do selo “Cidade Amiga das Baleias”, destinado a empresas que adotam boas práticas nesse segmento. 

“O turismo de observação de baleias e golfinhos é essencial para a baixa temporada, estamos atuando de forma sustentável para entregar qualidade ao turista e garantir a continuidade das baleias por aqui”, acrescenta o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Harry Finger. 

Em São Sebastião, até agora, já apareceram as primeiras jubartes juvenis, que ficaram pouco tempo aqui e, agora, espera-se a chegada das baleias adultas, que passam pelo nosso canal em busca da reprodução. Na cidade, os principais pontos de observação são a costa Sul, o Canal de São Sebastião e os arredores da Ilha Montão de Trigo. 

“É, sem dúvida, um espetáculo que a maioria das pessoas gostaria de presenciar. É uma atração turística cujo interesse está crescendo e que nos orgulhamos de desenvolver com sustentabilidade. Tanto que no final do ano passado ganhamos o Prêmio Braztoa pela implementação bem-sucedida do turismo de observação de baleias que preza pela preservação ambiental”, destaca a secretária de Turismo de São Sebastião, Adriana Augusto Balbo.

Ubatuba também é um destino privilegiado em diversos aspectos, e por esse potencial, não poderia estar de fora dessa atual tendência turística de observação de cetáceos.

“Ubatuba é rota de passagem de baleias e ambiente de muitas espécies de golfinhos. Nossa fauna marinha atrai muitos turistas para o avistamento, pois temos um litoral de ótima navegação e muitas ilhas e ilhotes com rica diversidade marinha. Existem vários roteiros náuticos consolidados no município com ofertas de atrativos, algumas agências já têm pontos específicos e formatados de passeios com enorme possibilidade do avistamento de cetáceos principalmente em nossa baixa temporada”, complementa o secretário Adjunto de Turismo de Ubatuba, Rodrigo Carlos Andrade Silva.

Conheça as principais experiências para desfrutar o melhor do Litoral Norte de São Paulo e acesse maiores detalhes de cada município da região  em: https://circuitolitoralnorte.tur.br/

É importante sempre consultar um receptivo ou guia local para aproveitar ao máximo as experiências com segurança e respeito ao meio ambiente. Para descobrir os passeios paradisíacos no Litoral Norte de São Paulo, acesse o guia de fornecedores: https://circuitolitoralnorte.tur.br/guiageral

Leia também:

Conheça o Canal Malu Visita no Youtube