Olímpia avança na implantação do Aeroporto com assinatura da compra da área

0
82
Olímpia avança na implantação do Aeroporto com assinatura da compra da área
Olímpia avança na implantação do Aeroporto com assinatura da compra da área

O futuro Aeroporto Internacional do Norte Paulista avança mais um importante passo para sua concretização. Agora, a compra da área de implantação acaba de ser formalizada, passando a ser oficialmente de posse da Prefeitura.

A assinatura da aquisição foi realizada na manhã desta terça-feira (19), no Gabinete Executivo, pelo prefeito Fernando Cunha com a presença do procurador representante legal da empresa proprietária do terreno, Everton Thiago Neves, além do Tabelião do 1º Cartório de Notas de Olímpia, José Luís Rodrigues Alves Junior, e o escrevente notarial, Renan Viana.

O presidente da Câmara, Sargento Barrera, e os vereadores Lúcio Cláudio Pereira (Amaral), Edna Marques, Héliton de Souza (Lorão), Luciano Ferreira (Mumu) também estiveram presentes, reforçando o papel do Legislativo que acompanha e contribui com o processo de implantação. Além disso, marcaram presença os secretários municipais Edilson De Nadai (Governo) e Gilberto Tonelli (Obras), que estão envolvidos no projeto.

Com este ato, o município pode dar continuidade aos trâmites necessários para viabilizar a instalação, que marcará uma nova fase no crescimento de Olímpia. Vale ressaltar que, recentemente, o prefeito também solucionou uma divergência de dados sobre a área junto ao INCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, conquistando a certidão de regularização do terreno, que possibilitou a compra da área.

O local de implantação do futuro aeroporto corresponde a uma área de 200,4426 hectares de terra, localizada às margens da Rodovia Assis Chateaubriand, no imóvel rural denominado “Cruz Alta”, nas fazendas “Olhos D’Água” e “São Domingos”, entre Olímpia e São José do Rio Preto, que pertence ao grupo empresarial Zelux Agrícola S/A, do Rio de Janeiro, e foi legalmente declarada de utilidade pública e desapropriada pelo município, sendo uma das maiores áreas destinadas à construção de Aeroportos de todo o interior paulista.

Os investimentos para a aquisição são de mais de R$ 19 milhões, definidos após avaliação da Comissão de Bens e Imóveis, como um valor justo do mercado imobiliário, considerando ainda a situação financeira sólida da Prefeitura e a posterior valorização da área, que ampliará o patrimônio do município.

Paralelamente, a Administração Municipal também já firmou parceria com a Infraero – Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária que, possui expertise consolidada para oferecer serviços de ponta-a-ponta da infraestrutura aeroportuária e, após reuniões, amplo diálogo e até mesmo visita técnica ao local da futura implantação, foi devidamente contratada pelo município para Revisão do Plano Diretor, elaboração de Anteprojeto para Infraestrutura e Edificações, Análise Técnica dos Projetos de Pavimentação e Assessoria Ambiental do aeroporto, conforme Termo de Ratificação publicado no Diário Oficial Eletrônico do dia 21 de agosto.

Desta forma, uma das pautas de maior destaque da gestão, que conta inclusive com o apoio de importantes lideranças, do Governo Estadual e da União, caminha fortalecida para mudar o cenário local e promover o desenvolvimento não só de Olímpia como de toda região.

Cabe relembrar ainda que o município já teve a outorga de concessão autorizada pela União, por meio da Secretaria Nacional de Aviação, em 2021, e que, agora, com a aquisição da área e contratação do projeto de infraestrutura, a previsão é de que, em breve, após a finalização da documentação necessária, seja executada a etapa inicial da implantação, com a demarcação da área da pista que terá mais de 2 mil metros de extensão, entre outras estruturas.

A proposta do novo aeroporto, em Olímpia, atende os estudos de viabilidade, contratados pela Prefeitura, que mostram uma projeção regional para um horizonte até 2038, considerando a necessidade de ampliação da capacidade atual do aeroporto de São José do Rio Preto e um fluxo futuro estimado em mais de 6 milhões de visitantes em Olímpia. A estimativa é de que o aeroporto tenha capacidade para cerca de 500 mil operações por ano, podendo receber, futuramente, até voos da América Latina.

“Entramos em uma nova fase da história de Olímpia, com o maior projeto estruturante para o futuro da cidade e de todo o Estado. Este ato é uma pedra fundamental para consolidar ainda mais o município no cenário nacional e latino-americano. Olímpia iniciou sua trajetória de desenvolvimento econômico com o day-use dos parques, posteriormente com a hotelaria, devido ao aumento da demanda, e, agora, amplia seu potencial e alcance com o Aeroporto Internacional, que nasce para atender a demanda não só de Olímpia mas de todo o país e podendo buscar turistas na Argentina, no Chile e outros locais”, destacou o prefeito Fernando Cunha.

“Encontramos a área ideal, plana, sem passivos ambientais. Já temos a concessão para implantação e apenas aguardamos a autorização da Cetesb para dar seguimento, enquanto a Infraero conclui o projeto da pista e do pátio para licitar a obra, que contará com investimentos privados, além de recursos dos Governos Federal e Estadual. Agradeço ao trabalho dos secretários Edilson De Nadai e Gilberto Tonelli para a conquista e de toda a equipe da Prefeitura, bem como a colaboração da iniciativa privada envolvida e a contribuição dos vereadores. Esta é uma conquista de toda a cidade, que elevará Olímpia a um patamar de ainda mais destaque como um dos destinos mais visitados do país e promoverá geração de emprego, renda e qualidade de vida”, completa o prefeito.

Leia também

Conheça o Canal Malu Visita no Youtube