Olímpia, cidade do Thermas dos Laranjais, é uma das mais seguras de SP

0
157

A cidade de Olímpia, no interior de São Paulo ficou entre as cinco mais seguras do Estado.  O levantamento recente foi realizado com cerca de 140 cidades paulistas com mais de 50 mil habitantes pelo Instituto Sou da Paz.

Lar do Thermas dos Laranjais, terceiro parque aquático mais visitado no mundo e o primeiro em visitação na América Latina, o município é um dos principais destinos turísticos do Brasil.  Recebe mais de 2 milhões de visitantes por ano, número 40 vezes maior que o de habitantes.

A pesquisa anual leva em consideração o Índice de exposição a Crimes Violentos (IECV).  É calculado a partir da média ponderada de três subitens: crimes letais (homicídio e latrocínio), crimes contra a dignidade sexual (estupro) e crimes contra o patrimônio (roubo – outros, roubo de veículo e roubo de carga), considerando ainda dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

No ranking, Olímpia não só é uma das menores taxas de criminalidade no último ano, mas também foi a que apresentou a segunda maior evolução de um ano para o outro, pulando da 75ª posição em 2017 para a 5ª em 2018.

Em 2014, o município ganhou o título de Estância Turística, que garante o repasse anual de verbas do governo do estado para execução de obras e programas ligados ao desenvolvimento do turismo.

O parque Thermas dos Laranjais é a principal atração turística da cidade e precursor do turismo na região. No ano passado foi eleito o terceiro parque aquático mais visitado da América Latina e o terceiro em número de visitação no mundo.

Para atender ao grande número de turistas, a rede hoteleira da cidade expandiu e, de menos de 700 leitos em 2009, passou a ter, atualmente, mais de 20 mil.

 

 

Artigo anteriorFeira no Ceagesp, Marcelo Rosenbaum, Feijoada dos Amigos 2019 e mais
Próximo artigoVisita traz show Alexandre Pires, Agerip, Lançamento da Feijoada dos Amigos e Homenagem ao Dia do Contabilista
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.