“Câncer: Por que eu?”

0
53

“Câncer: Por que eu?”. O sugestivo título nomeia o décimo segundo livro escrito por Paulo César Naoum, biomédico e professor titular da Unesp de Rio Preto. Em coautoria com seu filho, o médico Flávio Augusto Naoum, o pesquisador se lançou ao desafio de responder 120 perguntas feitas por pacientes e parentes de pacientes de câncer, coletadas na Associação Brasileira de Leucemia e Linfoma (Abrale), de São Paulo (SP), e na Associação da Criança com Câncer e Cardiopatia (Amicc), de Rio Preto (SP). O resultado é uma obra que interessa tanto a quem convive diariamente com a doença quanto a quem quer se prevenir ou se informar a respeito de assuntos pouco comentados, como os direitos de quem tem câncer e a forma de lidar com um doente em fase terminal. Além do papel informativo, a obra tem um importante aspecto social, uma vez que a renda obtida em sua venda será revertida às instituições que colaboraram com o projeto. O lançamento, restrito a convidados, será na Academia de Ciência e Tecnologia de Rio Preto no próximo dia 19.

Artigo anteriorJúnior Cigano, Canal Combate, da Globosat ficam hospedados no RESORT em Olímpia
Próximo artigoPasse o aniversário de Rio Preto no RESORT em Olímpia com preço promocional
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.