Rio Preto registra 28 novos casos e 731 pessoas estão com coronavírus

0
109
Saúde

Gerente da vigilância epidemiológica voltou a cobrar respeito ao isolamento para que sistema de saúde tenha leitos suficientes para o atendimento

Com novos 28 casos positivos Rio Preto tem nesta terça-feira, dia 2, 731 pessoas contaminadas pelo coronavírus (Covid-19). O número de mortes provocadas pela doença se mantém em 23, sendo que 275 pessoas encontram recuperadas após contraírem o vírus, 38% do total de contaminados.

São 8.420 pacientes atendidos com algum tipo de estado gripal desde o início da pandemia na cidade, em março. Do total, 5.564 passaram por testes para detecção da Covid-19. Foram 4.833 resultados negativos. No momento o coeficiente de incidência da doença é de 158 casos para cada 100 mil habitantes.

Os números apresentados pela gerente da vigilância epidemiológica Andréia Negri ainda indicam uma curva acentuada e crescente em relação aos casos positivos. Em média são 30 novos casos confirmados a cada 24 horas.

Outro dado importante é a quantidade de pessoas internadas em leitos hospitalares, 99 no total (63 em enfermaria e 36 em UTI). São 726 notificações de pessoas que apresentaram a síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e precisaram de atendimento médico por se tratar de sintomas mais graves.

Andréia Negri voltou a cobrar o respeito ao isolamento social, mesmo com a abertura controlada do comércio local.

“Tivemos um passo para essa abertura. É importante que economia retome. Estamos muito preocupados com a situação que vimos ontem e até hoje. Não dá para circular como fazíamos antes. Precisamos ver algumas prioridades. Na saúde nossa prioridade é que as pessoas tenham o melhor atendimento possível. Ter leitos suficientes para atender a todos”, reforçou Andréia.

A preocupação é que o número de leitos disponíveis na rede hospitalar e unidades de saúde não suporte a quantidade de pacientes. Em média cada pessoa fica entre 5 a 10 dias internadas, mas o número pode ser de até 20 dias nos casos mais graves da doença.

Artigo anteriorRio Preto ultrapassa a marca de 700 infectados pelo coronavírus
Próximo artigoPrefeitura de Rio Preto define regras para funcionamento do comércio, serviços e shoppings
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.