São Sebastião , 53 praias distribuídas por 120 quilômetros

0
71
São Sebastião
São Sebastião

São Sebastião oferece roteiros ainda pouco explorados pelos turistas, com opções que estão nas praias, algumas pouco conhecidas, mas também na serra, onde estão aventura, natureza preservada e belas paisagens. Muito mais que Camburi, Maresias, Guaecá ou Juquehy, pontos bastante conhecidos, São Sebastião soma 53 praias distribuídas por 120 quilômetros do município, ligadas, principalmente, pela SP-55 – Rodovia Doutor Manuel Hipólito do Rego.

De Boraceia a Canto do Mar, há muito a ser desbravado pelo turista que decide conhecer os encantos desta parte do Litoral Norte. Dúvida maior é qual das praias escolher para ficar. Cada uma tem seu encanto, sua beleza particular. Além de seus atrativos para diferentes propostas de experiências turísticas. Juquehy e Praia Preta, por exemplo, uma bem pertinho da outra, se definem pelo lazer em família ou amigos que pretendem passar o dia entre o guarda-sol e o banho de mar. 

Maresias e Camburi dão onda para o surfe, enquanto a praia das Cigarras é uma pequena extensão de areia de plena tranquilidade, ideal para o refúgio. No bairro do São Francisco tem o píer onde pescadores se reúnem e também é um lugar ideal para contemplar o mar.

Do guarda-sol à aventura

Mas nem só de praia vive o turista de São Sebastião. Há muita vida além da orla. As atividades de aventura, como trilhas de diferentes níveis de acesso – daquelas que dá para levar criança, até as que exigem mais experiência , atividades radicais que passam pelo rapel, voo livre, surfe e o slackline, por exemplo. A aventura também é garantida dentro d’água, com instruções para mergulho scuba em águas mais profundas, e para curtir a vida marinha do raso no snorkelling ou, ainda, o turismo náutico, com saídas para passeios de lancha e escuna todos os dias tanto para o roteiro das ilhas como no canal de São Sebastião.

Contemplar, se conectar com a natureza é mais uma experiência que dá ao turista a certeza de ter feito a escolha certa do destino. A observação de pássaros na área do Parque Estadual Serra do Mar é um atrativo bastante procurado por ser um reduto já conhecido de birdwatchers à procura da imensa variedade de espécies que ocorrem neste bioma.

Mas tem também bicho bem maior para ser avistado na natureza. A estrela do turismo de contemplação já tem data e hora para chegar. Em breve, entre maio e junho, começa a temporada de observação de baleias, um espetáculo que pode ser assistido de solo firme, ou ainda, de camarote, em pleno mar, nas embarcações que fazem passeios guiados.

Mas, se a proposta realmente é relaxar, tem ainda a São Sebastião Zen. Institutos e até mesmo hotéis oferecem spa, massagem, terapias holísticas, além de aulas de yoga e até sessões de sound healing. À noite, de bares e baladas a restaurantes temáticos, também não faltam opções de diversão e boa gastronomia para todas as propostas e orçamentos.

São Sebastião para todos

É essa variedade de atrativos que faz de São Sebastião uma gigante do turismo e levou um grupo de empresários do setor a se mobilizar para elevar o potencial turístico da cidade: as dezenas de praias, as experiências em natureza, o contato com a história desde as aldeias indígenas remanescentes até o período da colonização, que tem entre as suas marcas os canhões apontados para o mar.

No período em que completa 60 dias de um evento climático excepcional, a cidade volta a receber a movimentação de público habitual, mas os dias de espera tiveram um saldo positivo para a cidade, gerando uma mobilização e fortalecimento da cadeia de produtos e serviços turísticos.

Membros do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) articulam uma série de iniciativas, incluindo a formação de um grupo com mais de 120 empresários, para viabilizar ações para dar maior visibilidade às atrações que muitos turistas, focados em praia e em viagem de curto período, acabam por desconhecer. 

“Nosso foco é mostrar aos visitantes que é possível, seja em uma curta estadia ou em um período mais prolongado, vivenciar experiências que nunca imaginaram que São Sebastião tem a oferecer. Temos uma rede de serviços e atrativos de excelência construída em torno das belezas naturais, da atmosfera histórica e das raízes dos povos caiçaras”, explica Thiago Bertassoni, empresário do setor de turismo de receptivo e um dos integrantes do Conselho Municipal de Turismo. 

Leia também:

Conheça o Canal Malu Visita no Youtube