Senac oferece programação comemorativa aos 163 anos de Rio Preto

0
74

silva

Neste mês de aniversário de São José do Rio Preto, o Senac preparou programação especial comemorativa aos 163 da cidade. Com exposições, exibição de filmes, oficinas, mesa redonda, teatro e performances, a grade é totalmente gratuita e vai até dia 26 de março.

 

Confira a programação:

 Exposição: Memórias de São José do Rio Preto

Data: até dia 21 de março

Horário: de segunda a sexta-feira, das 9 às 21 horas. Aos sábados até às 17 horas.

Exposição de livros do acervo da biblioteca que apresentam elementos políticos, econômicos, sociais e culturais da cidade desde a sua formação.

Mediação: Paula Aline de Castro

Local: Biblioteca do Senac Rio Preto

Oficina de pintura: Releitura de Obras de José Antonio da Silva

Data: 12 de março

Horário: duas sessões, das 9 às 12 horas, e das 14 às 17 horas

Divertir-se, abusar do talento e, dessa forma, homenagear “José Antonio da Silva, um gênio louco que correu atrás dos seus sonhos”.

Pré-requisito: usar a criatividade, brincar, sonhar…

Mediação: Acirlei Maria Berti

Vagas: 12 inscrições por sessão

Local: Sala B32 do Senac Rio Preto

 

Painel Ambiental de Rio Preto: Conversando sobre conflitos ambientais: como lidar com eles?

Data: 12 de março

Horário: das 15 às 18 horas

São José do Rio Preto tem como característica estar em constante transformação e num ritmo de crescimento acelerado. As necessidades de sua população exigem mudanças na estrutura da cidade que atingem não apenas os interesses da sociedade, os fatores de desenvolvimento, mas alcançam, também, os aspectos ambientais, legais, dentre outros. E num cenário como este, os conflitos socioambientais são inevitáveis. Então, que tal conversar um pouco com algumas autoridades no assunto para tentar responder à pergunta: Conflitos ambientais: como lidar com eles?

Protagonistas: alunos do curso Técnico em Meio Ambiente (turma 2) e do programa Aprendizagem (turma 60)

Docentes mediadores: Samuel Alves da Silva e Luiz Fernando Oliveira Nogueira

Mediação do evento: Celso Tucci

Local: auditório do Senac Rio Preto

 

Exposição fotográfica: Olhares Parafraseados

Data: até o dia 24 de março

Horário: de segunda a sexta-feira, das 9 às 21 horas, e aos sábados, até às 17 horas

Registros fotográficos de acontecimentos comuns na rotina rio-pretense, porém, carentes de reflexão, admiração ou indignação.

Fotógrafo: Rodrigo Verona

Local: hall da biblioteca do Senac Rio Preto

 

Teatro infantil: Os cãezinhos da cidade

Data: 17 de março

Horário: às 14 horas

Fernando do Zeck quer voltar ao sucesso e lança uma música polêmica que causa a fúria nos cãezinhos. Eles (cãezinhos), com a ajuda das fadinhas Suny e Moon dão uma lição em Fernando, ensinando a ter respeito e amor pelos animais.

Protagonistas: alunos do programa Aprendizagem (turma 61)

Mediação: Adriana Pereira e Luiz Fernando Oliveira Nogueira

Local: auditório do Senac Rio Preto

 

Performance: REVELE-SE

Data: 18 de março

Horário: em três sessões, às 9h, às 14h e às 20h

Revele-se é um evento artístico performático que visa valorizar talentos e, com isso, proporcionar à comunidade um momento de integração, por meio de diferentes expressões artísticas: a música, a dança, a literatura, as artes visuais, as performances e muito mais.

Pré-requisito: ser bem humorado, criativo e talentoso.

Como participar: retirar a ficha de inscrição na biblioteca do Senac

Local: auditório do Senac Rio Preto

 

Documentário: Grupo Realejo: documentário do resgate histórico

Data: 25 de março

Horário: às 20 horas

A música é a mais angelical das artes e, não menos angelicais são seus compositores e seguidores. O Grupo Realejo foi, nos anos 80, um dos maiores representantes da música popular da região de São José do Rio Preto. O público presente terá a oportunidade de relembrar uma época efervescente da música rio-pretense por meio de um filme documentário.

Produção: estúdio Rz2 – Hélio Ricardo e Renato Lima

Duração: 30 minutos

Local: Auditório do Senac Rio Preto

 

Roda de conversa: Rio Preto 200

Data: 26 de março

Horário: às 14 horas

Construímos o futuro da cidade hoje. Que cidade queremos? Que futuro projetamos? Dentre os inúmeros aspectos que caracterizam uma grande cidade, a mobilidade tem se tornado um interesse de todos, poder público e população. Como ir e vir em Rio Preto no futuro? Vamos conversar sobre este tema?

Mediação: Celso Tucci

Local: Auditório do Senac Rio Preto

 

Documentário: Projeto Rio Preto Vivo

Data: 26 de março

Horário: às 19h30

O Projeto Rio Preto Vivo, inspirado no rio que corta a nossa cidade, visa resgatar este importante rio do noroeste paulista, que teve suas imagens captadas por um drone. O projeto contou com a participação ativa dos alunos e docentes do curso Técnico em Meio Ambiente (turma 1), do Senac Rio Preto.

Produção: Secretaria Estadual de Turismo e Delegacia Regional do Turismo

Parceiros: Senac, Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros, Comitê da Bacia Turvo-Grande, CETESB, Rotary, Orquidário Rio Preto e várias prefeituras da região.

Mediação: Célia Gomes

Local: Auditório do Senac Rio Preto

 

Endereço: Rua Jorge Tibiriçá, nº 3.518 – Santa Cruz

Informações: (17) 2139-1699

 

Artigo anteriorSábado SESC Rio Preto apresenta hip hop com b-boy Ticko
Próximo artigoShopping Cidade Norte – Exposição conta evolução da imprensa em Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.