Sobe para 24 o número de casos confirmados e 3 mortes seguem em investigação , em Rio Preto

0
116

Em live agora pela manhã, o secretario da Saúde Aldenis Borim  informou que subiu para 24 o número de casos confirmados em São José do Rio Preto.

O número foi divulgado nesta sexta-feira, dia 3, pelo secretário de Saúde Aldenis Borin, durante transmissão ao vivo pela página da Prefeitura de Rio Preto no Facebook. O munícipio tem 460 notificações, sendo que 252 foram descartadas, 174 permanecem em investigações e outros 10 são pessoas que recebem tratamento para outros vírus respiratórios. Em um dia foram 33 novos casos notificados pela pasta da Saúde.

Dos 24 casos, 11 foram internados, com 4 pessoas recebendo alta, 3 permanecendo na enfermaria e 4 em UTI’s, recebendo tratamento para os casos mais graves da doença.

“Estamos com 460 suspeitos. Não existe nenhuma evidencia de qualquer estabilidade ou queda destes números de suspeitos. Reforçamos a todos cuidados redobrados. A curva está em ascensão, a curva não cede, ela aumenta”, disse o secretário de Saúde, Aldenis Borin.

Em relação ao sexo, os homens continuam se contaminando mais, com 18 pessoas e apenas 6 mulheres. São 70,8% pessoas com idade inferior aos 60 anos com coronavírus em Rio Preto e 29,2% para o grupo de risco, faixa acima dos 60 anos.

“Importante ver que o sexo masculino está em uma porcentagem maior, provavelmente pelas atividades exercidas na cidade sejam maior por homens em trabalhos essenciais”, explicou Aldenis.

 

O secretário de Saúde exibiu gráficos mostrando a importância do isolamento social, comparando com os casos verificados tanto na Itália como Espanha. Pelas projeções, a falta do distanciamento social precoce, e até mesmo a reabertura do comércio na Itália, fez com que os casos de coronavírus fugissem do controle das autoridades de saúde dos países europeus. Aldenis reforçou que todos precisam ficar em casa.

 

“Se abrirmos o comércio hoje daqui a 15 dias nos teríamos 25 mil casos. Se cometermos esse equívoco vai acontecer com Rio Preto o que aconteceu na ítala. Vai ter uma ascensão muito grande em pouco tempo. Por isso o Comitê de Combate ao Coronavírus vem defendendo insistentemente o isolamento”, diz o secretário.

 

Assistência Social

Participaram da transmissão ao vivo desta sexta-feira, o prefeito de Rio Preto Edinho Araújo, a secretaria de Assistência Social e o Frei Francisco, que mantém em parceira com a Prefeitura a gestão do Bom Prato.

A secretaria destacou que estão sendo ampliados os atendimentos aos moradores em situação de rua.

“Temos um total de 398 servidores e assistentes na pasta atendendo as mais variadas solicitações. Ampliando os serviços de acolhimento, evitando a aglomeração daqueles que estão nas vias públicas. Mas lembramos que o desejo de ir ao acolhimento é livre”, disse Patrícia.

Até o início da crise envolvendo o coronavírus em Rio Preto foram distribuídas cestas básicas a mais de 2 mil famílias e mais de 770 tickets para almoços no Bom Prato.

O prefeito Edinho Araújo destacou a união das secretarias e de todo o governo. “Estamos engajados no combate ao coronavírus e atenção especial as pessoas em situação de rua. Contamos com todos”, disse Edinho.

Reunião

Ontem,  o  prefeito Edinho Araújo reuniu vereadores e secretários para tirar dúvidas e atender as solicitações sobre a pandemia de coronavírus. O prefeito aproveitou para informar sobre as ações de saúde e socioassistênciais que estão sendo realizadas pela Prefeitura no combate ao vírus.

“Estamos fazendo o possível para evitar os problemas econômicos e principalmente de saúde durante a crise instalada pela chegada do vírus em nossa cidade”, afirmou o prefeito.

O secretário de Saúde fez uma apresentação para os vereadores mostrando a curva ascendente de casos positivos e suspeitos na cidade, o que pode ser agravado ainda mais com a flexibilização do comércio.

“Acredito que este ainda não é o momento de tratarmos de flexibilização, ainda precisamos avaliar os casos e seguir as orientações do nosso comitê de enfrentamento ao Coronavírus”, disse o secretário.

 

 

 

 

Artigo anteriorMercedes-Benz celebra os 120 anos da menina que deu origem ao nome da marca
Próximo artigoRio Preto – Secretaria de Saúde recomenda uso de máscaras
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.