Visite o Jalapão e explore a cultura e as belezas naturais do Tocantins

0
179

O Jalapão (TO) é um dos destinos brasileiros mais desejados pelos turistas.

A Vivalá – Turismo Sustentável no Brasil lança uma expedição diferente de tudo que já existe. Durante o novo roteiro, o viajante pode explorar um belíssimo destino brasileiro, com direito a uma total imersão cultural em uma comunidade quilombola e se reconectar com a natureza. O lançamento da expedição acontece no Carnaval de 2024 e ainda conta com algumas vagas disponíveis. 

O destino fica localizado a 315 km de Palmas, capital do Tocantins, e é um lugar que possui atividades de real imersão na natureza, além da possibilidade de observar lindas paisagens naturais, mas com conforto e sem exigir muito esforço físico, sendo democráticas e direcionadas a crianças, idosos e famílias completas. 

As expedições têm como ponto de início e de fim, o Aeroporto de Palmas. Já o principal local de exploração é o parque estadual do Jalapão, uma unidade de conservação para proteção integral da natureza, que fica localizado no leste do estado do Tocantins, no limite com a Bahia, Piauí e Maranhão. É uma região com quase 160 mil hectares, lar de mais de 30 comunidades quilombolas e abundante em paisagens paradisíacas e águas cristalinas.

” Na Vivalá, oferecemos experiências imersivas e autênticas, uma alternativa ao turismo convencional, evitando massificação, pontos turísticos lotados e vivências superficiais. Além de ser responsável e consciente, o Turismo Sustentável garante momentos transformadores e especiais para os viajantes”, destaca Daniel Cabrera, cofundador e diretor-executivo da Vivalá – Turismo Sustentável no Brasil. 

O roteiro

Os roteiros disponíveis na Vivalá possuem duração de cinco ou seis dias dependendo da data escolhida pelo viajante. O produtor de experiências Vivalá, Guilherme Cipullo, afirma que a viagem é de profunda imersão nas belezas naturais da região, ao mesmo tempo em que se vive uma imersão em uma comunidade quilombola.

“O Jalapão é um destino de uma riqueza natural ímpar. Tem águas cristalinas e águas mornas, tem os famosos fervedouros, e tem uma paisagem que é influenciada tanto pelo Cerrado, quanto pela Caatinga. Mas o mais especial do nosso roteiro é que, para além de tudo isso, a gente conseguiu fazer uma expedição sem pressa. Um roteiro em que a gente vai usar muito menos carro e fazer mais atividades ao ar livre, conhecer as trilhas usadas pelos povos de comunidades tradicionais que vivem lá e interagir com a cultura da região”, afirma. 

As expedições da Vivalá têm como ponto de encontro Palmas, onde recomendamos aproveitar para conhecer a Praia do Buriti ou ver o pôr do sol na Praia da Graciosa durante o primeiro dia. No segundo dia, após o café da manhã, é hora de conhecer o Jalapão. O trajeto até lá é feito em veículos 4×4, os únicos capazes de trafegar pelas estradas de areia da região.

A primeira parada é no Cânion Sussuapara, logo após, o almoço e o descanso da tarde é na comunidade do Rio Novo, para então seguir até a comunidade Mumbuca, localizada no município de Mateiros, no Parque Estadual do Jalapão.

Já em Mumbuca, o terceiro dia se inicia com um café da manhã reforçado para seguir até a Cachoeira da Formiga e se refrescar nas águas. Em seguida, é hora da trilha, guiada por um morador local, que se encerra com um almoço. O retorno é pela trilha do Encontro das águas e com direito a banho no fervedouro. O dia se encerra com vivências culturais, sendo uma roda de chá com a Doutora, matriarca da comunidade, e a oficina de Capim Dourado, artesanato tradicional e que surgiu no Jalapão.  

O quarto dia também inicia após o café, seguindo de carro para São Félix do Tocantins. Lá, os instrutores locais já esperam o grupo para um rafting nível dois no Rio Soninho. O almoço será por lá mesmo, e o grupo poderá conhecer o Fervedouro Alecrim, considerado por muitos um dos mais lindos do Jalapão. O retorno acontece no fim da tarde e será hora de conhecer Santo, pioneiro do artesanato Buriti. Após o jantar, terá a visita noturna ao último fervedouro. 

Para quem optar pelo roteiro de seis dias, terá ainda a oportunidade de vivenciar uma roda de viola de Buriti e Sanfona com os mestres Arnon e Domingos, além de descansar em redários, ativando o “modo quilombola”. 

Viagem com propósito

A primeira saída será dia 9 de fevereiro, e ainda há vagas. Os valores iniciam em R$ 3.610, para os roteiros de cinco dias, e pode ser parcelado em até oito vezes sem juros no cartão de crédito. O valor inclui hospedagens (hotel em Palmas no primeiro dia e pousada da comunidade durante o roteiro), três refeições diárias (do café da manhã do segundo dia até o café da manhã no último dia), transportes locais, todas as atrações do roteiro, seguro-viagem e time de facilitação e condução presente ao longo do roteiro. Não estão inclusas passagens aéreas até os pontos de encontro e compras pessoais. Para mais informações sobre as expedições para o Jalapão e outros destinos, acesse o link https://vivala.com.br/expedicoes/

Sobre a Vivalá

A Vivalá atua no desenvolvimento do Turismo Sustentável no Brasil, promovendo experiências que buscam ressignificar a relação que as pessoas têm com o Brasil, sua biodiversidade e comunidades tradicionais. Atualmente, a Vivalá atua em 22 unidades de conservação do país, contemplando os biomas da Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga, e trabalha em conjunto com mais de 700 pessoas de populações indígenas, ribeirinhas, quilombolas, sertanejas e caiçaras.

Com 14 prêmios e reconhecimentos nacionais e internacionais, a Vivalá tem a confiança da Organização Mundial do Turismo, ONU Meio Ambiente, Braztoa, Embratur, Aberta, Fundação do Grupo Boticário, Yunus & Youth, além de ter uma operação 100% carbono neutro e ser uma empresa B certificada, tendo a maior nota no turismo do Brasil e a 7ª maior em todo o setor de turismo no mundo. Até outubro de 2023, a Vivalá já realizou mais de 200 expedições e embarcou mais de 3 mil viajantes, além de ter injetado mais de R$ 3,5 milhões em economias locais através da compra de serviços de base comunitária e consumo direto dos viajantes.

Mais informações, acesse www.vivala.com.br

Leia também:

Conheça o Canal Malu Visita no Youtube