Banda Mulamba traz o protagonismo feminino ao Sesc Rio Preto

0
174

Banda de Curitiba formada por seis mulheres, a Mulamba faz show nesta quinta-feira, dia 14, no Sesc Rio Preto. A apresentação, gratuita, será às 21h30, na comedoria.

Desconstrução e letras impactantes marcam o trabalho do sexteto. A banda é formada por Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Fer Koppe (violoncelo), Naíra Debértolis (baixo) e Nat Fragoso (guitarra).

A Mulamba nasceu em dezembro de 2015, a partir de um tributo a Cássia Eller.  As canções autorais surgiram, a  banda alcançou visibilidade depois da repercussão de “P.U.T.A”. O vídeo atingiu mais de um milhão de visualizações no YouTube e 15 mil compartilhamentos no Facebook.

Em julho deste ano, as integrantes lançaram o clipe de “Mulamba”, composição que inspirou o nome da banda. O vídeo tem roteiro e direção da cineasta Virginia de Ferrante, e mescla documentário e videodança .

O repertório do show no Sesc Rio Preto será composto por canções autorias, como “P.U.T.A”, “Mulamba” e “Provável canção de amor para estimada Natalia”. A banda também irá interpretar sucessos na voz de outras cantoras, como “Maria da Vila Matilde”, de Elza Soares, e “Top Top”, de Cássia Eller.
Considerada destaque no Vento Festival 2017, realizado no litoral norte paulista, a banda já dividiu o palco com nomes relevantes do cenário musical brasileiro, como Francisco, el hombre e Paula Cavalciuk. A banda também foi indicada na categoria Novo Talento do primeiro Prêmio SIM, realizado pela SIM São Paulo, uma das feiras musicais mais importantes da América Latina. Para 2018, a Mulamba prepara a gravação e o lançamento de seu primeiro EP.
 

SHOW
MULAMBA | MPB
Dia 14, quinta, 21h30. Grátis

 

 


Artigo anteriorMalu Visita traz cantor Daniel, Bete Avena, Rogério Gabriel e Unirp
Próximo artigoSão 118 vagas oferecidas no balcão de empregos em Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.