Calendário da rede municipal de Educação de Rio Preto terá início no dia 1º de fevereiro

0
54

O ano letivo de 2021 será retomado no próximo dia 1º de fevereiro, porém, ainda está sob análise da secretária de Educação de Rio Preto, Fabiana Zanqueta, qual será o modelo adotado: presencial, virtual ou híbrido.

Independente do modelo adotado, todos os professores retornarão às atividades. Atualmente são 145 escolas municipais (incluindo 13 unidades parceiras) e aproximadamente 40 mil alunos matriculados.

“Estamos avaliando qual a maneira mais segura e eficaz para o retorno das aulas. Uma coisa é certa, mesmo que seja decidido pelo retorno presencial, não será obrigatório.”, afirmou a secretária de educação, professora Fabiana Zanqueta.

Além de alunos e professores está sendo levado em conta toda a estrutura da educação, que abrange os recursos humanos e a infraestrutura.

“Não podemos colocar a vida de ninguém em risco, por isso estamos analisando todos os cenários possíveis”, afirmou Zanqueta.

Importante salientar que a SME está estabelecendo diálogo com as unidades escolares e ampliará para as famílias, Conselho de Educação do Município e outras instituições as decisões sobre o retorno às aulas diante do cenário pandêmico.

Investimentos

Em videoconferência com o governador do Estado de São Paulo, João Dória, nesta quarta-feira, dia 13, o prefeito de Rio Preto e a secretária de Educação, Fabiana Zanqueta, receberam o anúncio de investimentos na educação.

O governador João Doria e os secretários de Estado Rossieli Soares (Educação) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional) apresentaram investimento de R$ 80 milhões para o programa de ampliação de oferta de vagas em creches escolares para os municípios do Estado.

“ a ciência nos mostra que o espaço escolar é seguro desde que realizemos todos os protocolos corretamente. Como Governo do Estado, estamos seguindo a ciência e, junto com as prefeituras, vamos avançar para priorizar cada vez mais a educação, abrindo nossas escolas para todos os estudantes”, explicou o secretário da Educação, Rossieli Soares.

O número de vagas ofertadas dependerá das demandas dos municípios. De acordo com o anúncio, os municípios enviarão os projetos para ampliação das unidades escolares e o governo do Estado irá custear até R$ 2 mil por metro quadrado.

“Esse é um importante investimento para a retomada da economia e para garantir educação de qualidade para os nossos alunos. Assim que as creches voltarem a funcionar presencialmente teremos salas mais amplas, com mais segurança e adequadas a este novo momento mundial”, afirmou a secretária.

Artigo anteriorPrefeito assina ordem de serviço de reforma e readequação do Teatro Municipal
Próximo artigoVigilância Sanitária interdita o Muffato Max Atacadista
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.