Calendário da rede municipal de Educação de Rio Preto terá início no dia 1º de fevereiro

0
54

O ano letivo de 2021 será retomado no próximo dia 1º de fevereiro, porém, ainda está sob análise da secretária de Educação de Rio Preto, Fabiana Zanqueta, qual será o modelo adotado: presencial, virtual ou híbrido.

Independente do modelo adotado, todos os professores retornarão às atividades. Atualmente são 145 escolas municipais (incluindo 13 unidades parceiras) e aproximadamente 40 mil alunos matriculados.

“Estamos avaliando qual a maneira mais segura e eficaz para o retorno das aulas. Uma coisa é certa, mesmo que seja decidido pelo retorno presencial, não será obrigatório.”, afirmou a secretária de educação, professora Fabiana Zanqueta.

Além de alunos e professores está sendo levado em conta toda a estrutura da educação, que abrange os recursos humanos e a infraestrutura.

“Não podemos colocar a vida de ninguém em risco, por isso estamos analisando todos os cenários possíveis”, afirmou Zanqueta.

Importante salientar que a SME está estabelecendo diálogo com as unidades escolares e ampliará para as famílias, Conselho de Educação do Município e outras instituições as decisões sobre o retorno às aulas diante do cenário pandêmico.

Investimentos

Em videoconferência com o governador do Estado de São Paulo, João Dória, nesta quarta-feira, dia 13, o prefeito de Rio Preto e a secretária de Educação, Fabiana Zanqueta, receberam o anúncio de investimentos na educação.

O governador João Doria e os secretários de Estado Rossieli Soares (Educação) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional) apresentaram investimento de R$ 80 milhões para o programa de ampliação de oferta de vagas em creches escolares para os municípios do Estado.

“ a ciência nos mostra que o espaço escolar é seguro desde que realizemos todos os protocolos corretamente. Como Governo do Estado, estamos seguindo a ciência e, junto com as prefeituras, vamos avançar para priorizar cada vez mais a educação, abrindo nossas escolas para todos os estudantes”, explicou o secretário da Educação, Rossieli Soares.

O número de vagas ofertadas dependerá das demandas dos municípios. De acordo com o anúncio, os municípios enviarão os projetos para ampliação das unidades escolares e o governo do Estado irá custear até R$ 2 mil por metro quadrado.

“Esse é um importante investimento para a retomada da economia e para garantir educação de qualidade para os nossos alunos. Assim que as creches voltarem a funcionar presencialmente teremos salas mais amplas, com mais segurança e adequadas a este novo momento mundial”, afirmou a secretária.

Artigo anteriorPrefeito assina ordem de serviço de reforma e readequação do Teatro Municipal
Próximo artigo657 novos casos da Covid confirmados nas últimas 24 horas, seis pessoas morreram
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.