Campanha publicitária de construtora valoriza histórias reais de mães e filhos

0
23
Compartilhe

Campanha publicitária de construtora valoriza  histórias reais de mães e filhos

Clientes mães foram convidadas pela Vitta Residencial para participar de ação comemorativa que está sendo divulgada pelas redes sociais. Campanha conta com produção fotográfica e narrativa storytelling que explora o amor de mãe registrado em instantes do cotidiano e na rotina do lar

“Mãe é casa”. Este é o mote que a Vitta Residencial Construtora e Incorporadora escolheu, neste ano, para a sua campanha em homenagem ao Dia das Mães. A empresa preparou uma ação por seus canais nas redes sociais que inclui filme com narrativa storytelling e publicações de artes com apelo fotográfico.

As peças criadas mostram a relação emotiva de mães e filhos reais: clientes que vivem em empreendimentos da marca ou que se preparam para mudar em breve. O slogan mostra que toda mãe é o primeiro lar de um filho, seja por gestação ou pelo coração. A narrativa visa associar que mãe é o abrigo mais aconchegante que existe, com direito a acolhimento, amor genuíno e felicidade.

O curta traz cenas que mostram o cotidiano destas mães com seus filhos, revelando o que mais gostam de fazer no íntimo de suas próprias casas ou em áreas coletivas dos condomínios da marca Vitta.

A campanha teve início com divulgação para os colaboradores da empresa nesta quarta-feira (5/5); foi veiculada no meio digital na quinta-feira (6/5) e o filme será exibido no domingo (9/5). Foi coordenada pela área de marketing da empresa e desenvolvida pela agência F&MD em parceria com a produtora Lumme. A produção fotográfica é de Sté Frateschi.

Segundo o gerente de marketing da construtora, Yhury Nukui, o mais importante no desenvolvimento desta estratégia foi valorizar histórias reais, com interação de mães e filhos em seu ambiente familiar. “Fizemos um mapeamento de mães clientes que poderiam participar da campanha e o resultado foi este que entregamos: um material que retrata o sentimento de ser mãe num contexto realista”, afirma o gerente.

Além da veiculação digital, a ação contará com o apoio de influenciadores com propagação pela internet. As mães participantes receberam press kit com polaroids das fotos que ilustram a campanha.

Uma das personagens é Flávia Guedes Pizzetta Duarte, 37 anos, motorista e faz transporte delivery. Mãe de dois filhos, Lucas Pizzetta Duarte, de 8 anos e Luíza Pizzetta Duarte, 3 anos, ela conta que, interpretaram cenas de diversão. “Eu sou criança igual a eles. Brinco, vou para praça com as crianças, vamos à piscina e aproveitamos juntos sempre”, comenta. A mãe diz que participou da campanha incentivada pelo filho.

Adriana Motta Vendrúsculo Martins, 33 anos, contadora e mãe do garoto Miguel Vendrúsculo Martins, de apenas 1 ano e 6 meses, procurou retratar nas imagens com seu filho algo que sente desde ele chegou: a magia de ser mãe. “Essa é a oportunidade de vivenciar a forma mais pura do amor”. Atualmente, devido à pandemia, Adriana trabalha em home office, e mesmo com o filho frequentando a escolinha, o dia da família começa por volta das 5 horas com um abraço apertado e muito carinho. “E quando a noite chega, a gente mata a saudade com muitas brincadeiras, um banho animado e não pode faltar o passeio com nosso cachorrinho pelo condomínio, até meu pequeno embalar no soninho”, afirma.

Priscila Redondo Luzia, 35 anos, mãe da garota Irene Luzia Frigeri, de quatro anos, vive a experiência de ser mãe de uma filha adotiva e considera a melhor coisa que aconteceu na sua vida. Priscila diz que sentiu que era mãe de Irene logo no primeiro olhar. A garota teve paralisia cerebral e por isso não consegue andar, não se comunica por meio da fala e tem atraso nos seus movimentos. Por conta destas dificuldades, a vida de Priscila mudou completamente quando ela e o marido adotaram a criança. “Hoje eu vivo pela minha filha. Parei de trabalhar e só cuido exclusivamente de Irene, que requer cuidados especiais. Cada dia com ela é uma luta e, ao final, uma vitória”, conclui.

Essas e outras histórias estão identificadas na campanha da Vitta e podem ser conhecidas nos canais oficiais da construtora. Outra iniciativa da campanha, segundo Yhury, foi de incluir mães empreendedoras na produção de conteúdo para redes sociais. Elas participam de “posts” fornecendo conteúdo sobre seus negócios – cadastrados na plataforma Negócio ao Lado, que foi criada pela construtora em 2020 como uma iniciativa de promover comércios e serviços entre vizinhos no período de pandemia. “Convidamos duas mães que têm negócios cadastrados na plataforma Negócio ao Lado para ensinarem, ao lado de seus filhos, algo que possa trazer renda a quem precisa”, explica.

Yhury ressalta que, a linha de comunicação adotada pela Vitta, sempre buscou priorizar o protagonismo dos clientes. Essa é uma busca de aproximar a comunicação a fatos da realidade, de forma a criar uma relação direta com o seu público.

“Em um contexto de Dia das Mães, nada diz mais do que o amor real, aquele que todos os dias acontece dentro da nossa casa”.

Assista o VT da campanha :

Direto do céu

Neste final de semana em que se comemora o tradicional Dia das Mães, a Vitta Residencial realiza mais uma ação para surpreender a população de Ribeirão Preto e Araraquara. Logo pela manhã, mães das duas cidades serão homenageadas de forma inusitada: com uma mensagem que virá do céu num voo de balão.

Sobre a Vitta Residencial

A construtora atua no mercado regional do Estado de São Paulo e Minas Gerais e tornou-se referência no setor imobiliário, com mais de 17 mil imóveis lançados nas cidades de Ribeirão Preto, Sertãozinho, Bauru, Araraquara, Piracicaba, Jaboticabal, Franca, Serrana, Campinas, São José do Rio Preto, no estado de São Paulo, além de se expandir para Minas Gerais pela primeira vez nesse ano, inicialmente em Uberlândia e depois em Uberaba.


Compartilhe
Artigo anteriorIguatemi apoia instituições e famílias em situação de vulnerabilidade
Próximo artigoVARIZES: QUANDO DEVEMOS TRATA-LAS?
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.