Circuito Litoral Norte de São Paulo é destaque em desenvolvimento

0
26

O Circuito Litoral Norte de São Paulo segue se destacando no desenvolvimento de um turismo cada vez mais integrado e completo. Composto por Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, o consórcio turístico comemora os resultados de 2022, focando seus esforços em desenvolver, promover e divulgar os produtos integrados na Região Turística junto com os municípios.

Buscando sempre o apoio de entidades como Secretaria de Turismo e Viagens do Estado, Embratur, Aprecesp, Sebrae e Ministério do Turismo, o Circuito Litoral Norte vem destacando os roteiros de ecoturismo, turismo náutico, turismo histórico-cultural, turismo gastronômico, avistamento de cetáceos, turismo de base comunitária, entre outros, assim como os fornecedores do trade regional que estão cada vez mais qualificados e capacitados para atender a demanda nacional e, em um segundo momento, a internacional.

Recursos

Em novembro de 2022, o Circuito Litoral Norte, por meio do esforço conjunto do deputado Federal Roberto de Lucena, agora também secretário de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, foi o primeiro consórcio turístico do país a receber recursos financeiros da União por meio de emenda parlamentar. Serão recursos de R$1 milhão destinados sob o apoio dos cinco prefeitos à estruturação turística em cada município consorciado que farão obras a partir do início de 2023.

Além disso, foi captado um total de R$ 4,4 milhões em recursos econômicos pelo consórcio por meio da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado. São recursos convertidos em ações conjuntas de grande importância, beneficiando o desenvolvimento, estrutura e promoção da Região Turística de forma profissional e estratégica. As ações geram economia no compartilhamento de custos e maior visibilidade na soma da oferta turística complementar de toda uma região.

Algumas ações inovadoras são o Observatório de Turismo Regional, capacitações e treinamentos em importantes polos emissores, espaços para participação nas principais feiras e eventos nacionais e internacionais dentro do atraente stand do Turismo do Estado, Projeto de Rotas Cênicas Regional, que deve ser executado em 2023, websérie regional mostrando atrativos, captação de banco de imagens para promoção, divulgação de eventos municipais da região, press trip regional em parceria também com EMBRATUR, assessoria de imprensa integrada com a comunicação do Estado, Guia Virtual de Rotas Turísticas e instalação da nova Sinalização Turística Temática Regional – que são totens identificadores em cada município com QR code para acesso ao Guia Virtual de Rotas Turísticas pelos visitantes.

Segundo pesquisa executiva, para cada R$ 1 investido no consórcio, R$ 8,8 retornam aos municípios integrantes.

Segundo o presidente do Circuito Litoral Norte, Caio Matheus, após dois anos de retração em razão da pandemia, a região já vive um momento importante de recuperação econômica com a retomada das atividades turísticas, e a tendência é que esse crescimento continue em 2023.

“De olho nesse cenário, os municípios vêm investindo no turismo, na divulgação dos seus destinos e em calendários de eventos para quebrar a sazonalidade e movimentar a economia o ano inteiro”, afirma.

Feiras e Eventos do Setor

A participação do Circuito Litoral Norte em feiras e eventos de turismo, desde sua fundação, é um dos grandes pilares para atrair visibilidade para os municípios, ampliar as oportunidades de negócios para os empresários do setor e contribuir significativamente para a promoção dos destinos turísticos.

Neste ano, a equipe do consórcio participou das principais feiras nacionais, como WTM Latin America, ABAV Expo, São Paulo Boat Show, Festuris, Equipotel, Expo Brazilian Creative Cities, Ugart, Avirrp, Expo Forum Visit SP, Maio Náutico, Mesa SP, ABETA Summit, entre outros.

Durante a programação, não só foram apresentados os atrativos e fornecedores aos visitantes, como também foram realizadas capacitações aos profissionais de turismo, visando ampliar seus conhecimentos sobre os produtos integrados da Região Turística.

Levantamento de dados

Lançado em março deste ano, o Observatório Regional de Turismo reúne as estatísticas das cinco cidades incluindo dados como taxa de ocupação mensal, previsão semanal, valores de diária média, fluxo de visitas em atrativos, movimento de bares e restaurantes, além de avaliação de turistas nas redes sociais e dados do setor público.

A parceria com o Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET) é importante não só para influenciar a formação de produtos turísticos mais completos e integrados, como também para auxiliar o planejamento de ações e direcionamento de esforços para o desenvolvimento da cadeia produtiva do turismo.

Segundo o levantamento, por exemplo, a ocupação média da região cresceu no mês de julho, de 37% (2021) para 53% (2022). A pesquisa também aponta que o ticket médio passou de R$119 em julho do ano passado para R$267,50 no mesmo período deste ano.

Novos polos emissores

Buscando alcançar novos polos emissores em potencial, o consórcio buscou não só participar de eventos internacionais, como a BTL Lisboa, a Vitrina Turística Anato, na Colômbia, a FITUR Madrid, na Espanha, a FIT Buenos Aires e a FITPAR, no Paraguai, como também trazer jornalistas e formadores de opinião para conhecerem os roteiros das cinco cidades.

No final de outubro, o Circuito Litoral Norte recebeu, em viagem realizada pela Embratur, uma press trip com jornalistas da Argentina, Chile e Paraguai. O grupo, composto por seis profissionais de imprensa dos países sul-americanos, visitou os principais atrativos das cinco cidades integrantes, divulgando um roteiro de longa estadia e atrativos envolvendo muito mais do que sol e praia como turismo de base comunitária, ecoturismo, turismo cultural e histórico, turismo náutico, turismo gastronômico e visitando opções de hospedagem de alto nível. A ideia é aumentar o ticket médio e quebrar a sazonalidade da oferta turística regional.

Os três países representam importantes polos emissores em potencial para o Litoral Norte de São Paulo. Em 2020, o Brasil recebeu 131 mil chilenos, 887 mil argentinos e 122 mil paraguaios, todos buscando, em primeiro lugar, o turismo de sol e praia (68%, 82% e 72%, respectivamente), seguindo do turismo de natureza (15%, 11% e 14%).

O Brasil também está entre os países mais visitados por esse público, sendo o número 1 do ranking na Argentina e o 2º entre os chilenos e paraguaios. Os turistas sul-americanos também têm um importante papel na movimentação econômica dos destinos, gastando, em média US$52,88 (Paraguai), US$42,03 (Argentina) e US$61,25 (Chile) por diária em viagens de lazer pelo país.

Integração do trade

Em 2022, o consórcio realizou também uma intensa campanha de adesão e atualização de cadastros de fornecedores turísticos das cinco cidades integrantes.

Focada em ampliar a rede de contatos de hospedagens, bares, restaurantes, agências receptivas, transportes turísticos e serviços especiais no Guia Geral (https://circuitolitoralnorte.tur.br/guiageral) disponível no site do consórcio, a ação visa estruturar a oferta das empresas regionais e promover esses fornecedores qualificados e certificados em todos os eventos, ações e plataformas de comunicação.

Reconhecimento

Recentemente, todo esse trabalho realizado em 2022 foi reconhecido com a vitória do Prêmio Top Destinos. Organizado em parceria pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) e o SKÅL Internacional São Paulo, o evento premiou a Região Turística como Top Campeã pelo segundo ano consecutivo.

Além disso, as cidades que compõem o Circuito Litoral Norte de São Paulo se destacaram em diversas categorias da premiação, sendo finalistas em: Turismo Náutico (Bertioga), Sol e Praia (Ubatuba), e Ecoturismo (Caraguatatuba e Ubatuba). E São Sebastião foi premiada na categoria Turismo Social.

Expectativas para 2023

Para o presidente do consórcio, Caio Matheus, a expectativa é que o setor de turismo tenha um crescimento acima dos 50% em 2023, alcançando patamares de faturamento semelhantes aos de antes da pandemia.

“Os feriados prolongados e os grandes eventos devem contribuir para alavancar esse crescimento na região, movimentando a cadeia turística, aquecendo a economia e a geração de empregos. Além disso, a pandemia transformou as preferências dos viajantes ao escolher os seus destinos. As tendências para 2023 são o turismo de bem-estar, o contato com a natureza, experiências culturais imersivas e a preferência por destinos nostálgicos, favorecendo a nossa região que reúne todos os atrativos que os viajantes buscam a poucos quilômetros de São Paulo”, finaliza.

Crescimento junto com o Turismo do Estado de São Paulo

No estado, a economia do turismo vai crescer 7,8% em 2023, segundo projeção do Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET) da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo. Será a maior movimentação dos últimos cinco anos, com PIB de R$ 231,9 bilhões, geração de 60 mil novos empregos e movimentação de 45 milhões de turistas domésticos e 2,3 milhões de visitantes internacionais por todo o estado. As empresas ligadas ao turismo vão faturar R$ 90,1 bilhões.

Com essa previsão, o Circuito Litoral Norte e seus municípios buscam aumentar ainda mais essa aproximação com a Secretaria de Turismo e Viagens do Estado atraindo recursos e soluções integradas para garantir a retomada com crescimento sustentável do turismo, qualificando a promoção e manutenção dos valores da cultura regional.    Mais informações: www.circuitolitoralnorte.tur.br