Comida di Buteco Rio Preto – Conheça o “Butiquim Caneca Torta”

0
307
Comida di Buteco Rio Preto - Conheça o “Butiquim Caneca Torta”
Foto - Guilherme Di Curzio

As academias sempre fizeram parte da vida de Vitor Vilacoba Finato, antes mesmo de se tornar um dos sócios do bar “Butiquim Caneca Torta”. Como personal trainer, as dietas eram frequentes em sua rotina.

Em uma antiga receita utilizada em suas refeições, Vitor encontrou o caminho certo para elaborar o “Bolinho do Caneca” e participar pela primeira vez do Comida di Buteco.

Na receita original, os bolinhos eram compostos apenas por brócolis. Ele resolveu testar o prato com outros ingredientes, até encontrar a combinação perfeita.

 “Faltava alguma coisa, precisava de mais elementos. Escolhi misturar o bolinho com parmesão, bacon e cevada e, fritei. O petisco ficou crocante por fora e macio por dentro”, conta.

Vitor e Eder Pimentel, sócio do bar, esperam arrancar elogios dos clientes e jurados. A intenção é entrar com força total e começar com o pé direito em sua estreia na competição.

Butiquim Caneca Torta

O bar surgiu a partir de uma brincadeira entre amigos motociclistas que frequentavam bares de Rio Preto. Pensando em criar um lugar apenas para eles, uma praça, na cidade de Mirassol, foi o local escolhido para começar.

Embaixo das árvores, as mesas eram postas na praça. Cada motociclista com seu veículo, uma fileira de motos. Era o local ideal para eles. E o curioso nome se deu por uma discussão entre parceiros que confeccionavam canecas. Algumas delas, por problemas na hora de resfriar, entortavam para o lado. Os criadores das canecas as levavam ao bar. Foi aí que surgiu o “Butiquim Caneca Torta”.

Após alguns anos de existência, a brincadeira de amigo virou conversa de gente grande. O boteco começou a crescer, o movimento aumentou consideravelmente. Era hora de trocar o ponto.

Na época o bar era comandado por  Eder e mais três amigos, que desistiram do negócio, dando espaço a Vitor.Um local foi encontrado e reformado. O refúgio dos motociclistas ganhava forma.

“Cada pedaço do bar tem a opinião de um amigo, eu e o Eder fizemos apenas o balcão, o resto foi decorado pelos motociclistas. Nós queremos que eles se sintam em casa”, finalizou.

Hoje o boteco dispõe de 40 mesas e 175 m², além de vários pratos para os clientes e uma costelada nas terças-feiras.

 

 

Butiquim Caneca Torta

Prato participante: Bolinho do Caneca

Endereço: R. Siqueira Campos, 3663 – Parque Industrial –

Telefone: (17) 99601-1020

Funcionamento: Quarta a sexta: 17h30 a 0h

Sábado: 14h a 0h

Saiba mais sobre o Comida Di Buteco aqui

Conheça também o Bar do Cidinho

 

Artigo anteriorHIPHOPCIDADE celebra a arte urbana em Rio Preto
Próximo artigoMalu Visita Capitão Barba, Grand Hyatt RJ, Diniz Prime e Olímpia
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.