Festival tem comida artesanal, música e entrada franca

0
108

Cervejas e cachaças artesanais, bolos e doces, geleias, biscoitos, massas italianas, embutidos e linguiça caipira, cafés, queijos temperados e música de boa qualidade.

 Tudo reunido em um mesmo espaço, no Café da Colônia, em Uchoa. Assim será o 1° Festival Comida Artesanal, dia 18 de agosto, das 10h às 17h. A entrada é franca. São produtores de Uchoa, Rio Preto e outras cidades do interior de São Paulo. Eles  oferecem produtos de qualidade selecionada, para degustar no local e também para venda.

 Entre os expositores, está a cervejaria Phillip Davis, de Guapiaçu, que leva para o festival diversos tipos de cervejas e chopps especiais, como o tradicional chopp pilsen, chopp de escuro (stoutcom aromas de café e cacau), APA e IPA, e a cerveja Califórnia (clara com leveduras ale).

A Vendinha Agridoce estará presente com seu famoso chutney de cebola roxa e a geleia de pimenta com laranja. Além de geleias de outros sabores (pimentão amarelo, tomate com manjericão, e manga com maracujá), chutneys (manga e mostarda e tomate com pimentões assados), e as lascas de polvilho em diversos sabores.

Ainda na parte de alimentação haverá massas italianas, embutidos, carne na lata, linguiças especiais, doces caseiros e bolachas, produtos orgânicos, sal de ervas, ervas desidratadas, queijos frescos e temperados, entre muitos outros produtos.

A Ibirá Cosmetic, empresa que fica no Balneário das Termas de Ibirá, participa do festival com produtos artesanais direcionados para o bem estar e beleza, como os dermocosméticos, sabonetes especiais, óleos essenciais e outros produtos que utilizam a água famosa por ter em sua composição o elemento vanádio.

O festival acontece no Café da Colônia que também estará em funcionamento durante todo o dia, com o Café Rural (das 8 as 11h), e com os tradicionais lanches caipira, pratos de polenta, quitutes rurais e passeios a cavalo durante a tarde, até às 17h.

Durante todo o evento haverá apresentações do Grupo de Viola Caipira de Tabapuã, da dupla Irmãos Binatti, com música caipira raiz, e o artista Márcio Ferreira, com o melhor da MPB.

O Festival Comida Artesanal foi formatado nos moldes dos festivais de verão da Europa, em que diversas atividades acontecem ao mesmo tempo num ambiente vibrante e dinâmico.

O principal objetivo é proporcionar um ambiente que contribua para o desenvolvimento local, dos pequenos produtores da região. Coloca em um mesmo ambiente os produtores e os consumidores de comida artesanal. O evento começou em Tupã, em outubro de 2018 e já vai para sua terceira edição. Também já foi realizado em Cedral, em março desse ano.

www.facebook.com/festivalcomidaartesanal

 

Artigo anteriorQuarta edição da Mostra I’Casa reúne tendências de arquitetura e decoração
Próximo artigoAgosto Lilás: palestras e mobilizações chamam a atenção para a violência contra a mulher
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.