Festival de Moda e arte ocupa a Praça Cacilda Becker

0
70

No dia 24 de julho, domingo, a Praça Cacilda Becker, atrás do Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto, será novamente ocupada pelo público rio-pretense que busca eventos ao ar livre e que integrem diferentes artes.

Desta vez o destaque é para a moda, que se une com outras linguagens artísticas na 1º edição do Festival IMA – Integração Moda e Arte. IMA é um festival de moda e arte que reúne estilistas, estudantes de moda, artistas e público em geral para um domingo com palestras, brechó de troca e venda, exibição de documentários, espetáculos de teatro, exposição fotográfica e show de música.

O evento é coordenado pela bacharel em moda Izabela Camilo. Izabela desenvolve criações em moda inclusiva – trabalho pelo qual foi citada na revista ITT Press, além de ter vencido o Concurso Regional de Moda Inclusiva, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo. É também criadora da Tinda, marca de moda autoral infantil, sendo finalista da Feira FIT 2015 – Estilista Revelação do Setor Infantil.

Realizado em parceria com a Oficina Cultural Fred Navarro, o evento vai de encontro a um dos objetivos da Fred Navarro desde sua chegada à Casa de Cultura Dinorath do Valle: movimentar e ocupar a Praça Cacilda Becker com atividades culturais. Desde sua mudança para a Casa de Cultura em outubro de 2015, a Oficina Cultural já foi parceira ou realizadora de eventos significativos que levaram arte e cultura à Praça: Festival Arena Cacilda, Jardim Cultural, Tabuleiro das Letras – Feira Lúdica de Troca de Livros, FIT 2016 e agora o IMA.

A parte da manhã do evento é composta por palestras ligadas ao campo da moda: Rodrigo Assis apresenta uma introdução ao design têxtil e provoca o público a pensar sobre as relações entre moda, arte e consumo e Marina Nocera conduz um bate-papo sobre novos meios de se trabalhar e consumir moda.

A parte da tarde é marcada por apresentações teatrais e pelo Brechó de venda e troca, espaço que pretende integrar público e produtores, bem como valorizar e difundir criações autorais em moda.

Um dos destaques do Festival é a Mostra de Curtas Rio-pretenses. Com curadoria de Henrique Sezara, a mostra traz 3 curtas dirigidos e produzidos por rio-pretenses como Fernando Macaco e Fernando Marques. Henrique Sezara também apresenta sua exposição fotográfica ELLA, que expõe as emoções e dilemas de uma mulher transexual ao assumir sua verdadeira identidade.

Fechando o evento, a Banda Bast, apresenta o melhor do rock com um trio feminino de voz e guitarra, baixo e bateria.

 

Confira a programação completa do Festival Integração Moda e Arte:

 

►PALESTRA: INTRODUÇÃO AO DESIGN TÊXTIL – PROVOCAÇÕES SOBRE ARTE, MODA E CONSUMO

Palestrante: Rodrigo Assis

10h às 11h

Público Alvo: estudantes de moda, estilistas e demais interessados a partir de 14 anos

Forma de Seleção: primeiros inscritos | 30 vagas

 

Discussão sobre o mercado de consumo das marcas, seu impacto socioeconômico e ambiental, bem como a apropriação de signos e símbolos sem o devido reconhecimento aos artistas criadores. Propõe também um debate sobre o potencial criativo e imagético do design têxtil, buscando meios para criar um diálogo entre moda, consumo e arte.

 

Artista visual de codinome R A G, Rodrigo Assis busca em seus trabalhos estimular reflexões introspectivas e filosóficas por meio de símbolos introduzidos em contextos surreais, além de composições que conversam através da semiótica. Pesquisa moda e design têxtil, buscando processos alternativos para estamparia e peças de moda autorais.

 

►PALESTRA: MODA ALTERNATIVA – NOVOS MEIOS DE SE CONSUMIR MODA

Palestrante: Marina Nocera

11h às 12h

Público: estudantes de moda, estilistas e demais interessados a partir de 14 anos

Seleção: primeiros inscritos | 30 vagas

 

A palestra apresenta meios de trabalhar com moda, arte e estilismo sem necessariamente produzir roupas. Com foco em moda consciente e sustentável, discute também por que o mercado atual precisa desse tipo de abordagem.

 

Marina Nocera é bacharel em Moda pela UNIRP – Centro Universitário de Rio Preto. Transformou seu amor por animais e moda em uma marca de roupas de alta costura para pets, a “Nocera Cucciolo Wear”. Junto com Mayara Fávaro, é sócia da loja de decoração de interiores “Casa de Vênus”.

 

BRECHÓ DE TROCA E VENDA

14h às 20h

 

Com o intuito de promover o intercâmbio entre produtores e consumidores de moda, bem como divulgar criações autorais, o IMA apresenta brechó de troca e venda de figurinos, roupas, sapatos e acessórios.

 

► ESPETÁCULO: O BAILE

Cia Cartola de Vidro

16h

Atividade aberta

Classificação: livre

 

Inspirado no filme de comédia musical O Baile (Le Bal, 1983, direção de Ettore Scola), o espetáculo traz cenas de um baile no qual figurinos e músicas montam a época de cada número, refletindo a situação política e cultural em que vivem os personagens. Direção: Mariana Bressan.

 

A Cia Cartola de Vidro foi criada em 2016, com integrantes dos Cursos Livres de Teatro do Senac e do Sesi/Rio Preto.

 

► INTERVENÇÃO: ESQUADRÃO DA ESMOLA

Reinaldo Castro e Mariana Bressan

17h

Atividade aberta

Classificação: livre

 

Sátira do programa televisivo Esquadrão da Moda, um reality show que pretender orientar o participante na escolha das roupas. Uma pessoa será escolhida e os coordenadores darão dicas de estilo e moda para o participante montar um look com roupas do Brechó usando apenas R$ 20,00.

 

Fotógrafa e atriz, Mariana Bressan estuda no Curso Técnico em Teatro do Senac/Rio Preto. Proprietária da “Magia”, agência de modelos que atua em produções e pesquisas de casting para modelos, atores, cantores e apresentadores.

 

Ator, youtuber e dublador, Reinaldo Castro cursa Teatro no Curso Livre do Sesi/Rio Preto.

 

►ESPETÁCULO: O BAR

Cia Cartola de Vidro

18h

Atividade aberta

Classificação: livre

 

O espetáculo reúne esquetes de comédia: dois amigos conversando sobre suas esposas, um casal de namorados em crise e um cliente que esqueceu a carteira são personagens de um bar e suas histórias. Direção: Mariana Bressan.

 

A Cia Cartola de Vidro foi criada em 2016, com integrantes dos Cursos Livres de Teatro do Senac e do Sesi/Rio Preto.

 

► MOSTRA DE CURTAS RIO-PRETENSES

Curadoria: Henrique Sezara

 

Henrique Sezara é graduado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Rio Preto – Unirp, com especialização em direção de fotografia pela Inspiratorium Escola de Cinema e Arte. Participou de cursos com profissionais como Marcelo Spomberg, Ariela Goldmann e Alziro Barbosa. Assina a direção de fotografia dos curtas-metragens “Pra você dançar” (2013) e “Chegou a nossa vez de falar” (2015); Dirigiu e produziu os curtas “Rio Preto Rugby” (2014), “Falas do Terminal 2” e “O que houve com os cinemas daqui? ” (2015).

 

► DOCUMENTÁRIO: O NOROESTE PAULISTA PELAS LENTES DE SANTANA

19hClassificação: livre

O documentário conta um pouco da vida e obra de Aparecido Santana, um dos maiores documentaristas da história do Noroeste Paulista. Entre as décadas de 1960 e 1990, com filmes 8 mm, 16 mm e VHS, registrou imagens em mais de 100 pequenas cidades do interior do estado de São Paulo. Direção: Fernando Marques. Imagens: Henrique Sezara.

 

Músico e cineasta, Fernando Marques é proprietário da “Rio Preto em Foco Filmes”, produtora de filmes documentários, curta-metragem e vídeos em geral voltada para a história da cidade de São José do Rio Preto.

 

► DOCUMENTÁRIO: SR. NINGUÉM

19h15

Classificação: livre

 

Sr. Ninguém resgata a identidade de pintores, inventores, artistas plásticos, músicos, transeuntes, hippies, mendigos e todas as pessoas invisíveis que vemos, sem enxergar, no dia a dia. Direção: Fernando Macaco.

 

Fernando Macaco é cinegrafista, diretor de fotografia e editor. Sócio-fundador do Grupo Cinemacaco, realiza projetos em animação e projeção mapeada; atua profissionalmente em áreas como publicidade e propaganda, novelas de TV, filmes institucionais, videoclipes e documentários, dentre outras. Foi professor de montagem no curso de pós-graduação da Faculdade Unilago.

 

► DOCUMENTÁRIO: CHEGOU A NOSSA VEZ DE FALAR

19h30

Classificação: livre

 

Com depoimentos de meninas de 4 a 12 anos sobre empoderamento feminino, o documentário traz dados reais sobre o tema no Brasil: salários menores para mulheres, abuso sexual, violência de gênero e outros. Direção: Janaína Spínola. Roteiro: Mariana Bressan.

 

Janaína Spinola possui formação em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou no set do filme “O Regresso”, de Alejandro Iñárritu. Atua como fotógrafa com a marca Jan Spinola, que filma e fotografa ensaios, festas e eventos.

 

► SHOW: BANDA BAST

21h

 

Formada por Samara Bueno, Yasmin Tranjan e Taiane Campos, a Banda BAST tem como objetivo representar e incentivar a cena do rock feminino com músicas autorais e covers, levando em sua identidade visual e sonora uma mensagem de liberdade artística e questionamento social.

 

► EXPOSIÇÃO: ELLA

Fotógrafo: Henrique Sezara

24/7 a 7/8 – segunda-feira a sábado – 9h às 21h | domingo – 13h às 21h

Classificação: livre

Um editorial de moda traduz as inquietações de uma transição: como se reconhecer em um corpo no qual você não se identifica? “Ella” expõe as inseguranças, coragens, sentimentos e dilemas de uma mulher transexual ao assumir sua verdadeira identidade.

 

Henrique Sezara é graduado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Rio Preto – Unirp, com especialização em direção de fotografia pela Inspiratorium Escola de Cinema e Arte. Participou de cursos com profissionais como Marcelo Spomberg, Ariela Goldmann e Alziro Barbosa. Assina a direção de fotografia dos curtas-metragens “Pra você dançar” (2013) e “Chegou a nossa vez de falar” (2015); Dirigiu e produziu os curtas “Rio Preto Rugby” (2014), “Falas do Terminal 2” e “O que houve com os cinemas daqui? ” (2015).

 

SERVIÇO

1º IMA – Integração Moda e Arte

24 de julho – domingo – 10h às 22h

Local: Praça Cacilda Becker (onde fica o Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto/Casa de Cultura Dinorath do Valle)

 

Mais informações: Oficina Cultural Fred Navarro – 17 3234-2405 / 3212-9235.

 

Artigo anteriorMaior “Food Park” coberto do Brasil inaugura em Rio Preto
Próximo artigoOrquestra de Viola Caipira se apresenta no SESI Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.