Grupo Muffato anuncia R$ 50 milhões em nova loja do Max Atacadista em Rio Preto

0
2068
Grupo Muffato anuncia R$ 50 milhões em nova loja do Max Atacadista em Rio Preto

 

O  Grupo Muffato anunciou na tarde de hoje, dia 27, a construção de sua terceira loja em Rio Preto. O investimento será de 50 milhões. Sob a bandeira Max Atacadista, o empreendimento vai gerar 400 empregos na cidade, entre diretos e indiretos.

Será localizado na região norte (Avenida Doutor Antônio Marques dos Santos, entre as avenidas Valdomiro Lopes da Silva e Noé Gonçalves de Souza).  O atacarejo terá 20 mil m2 de área construída, 6 mil m2 de área de venda. O estacionamento será  gratuito com 600 vagas.  Cinco lojas de serviço estarão  para locação.

Segundo o diretor do Grupo, Ederson Muffato, a ideia de novos investimentos em Rio Preto já vinha sendo amadurecida desde a inauguração do Super Muffato da Avenida Juscelino Kubitschek em 2015.

“O potencial socioeconômico da cidade e a forma carinhosa e receptiva com que os rio-pretenses receberam a nossa marca corroboraram a decisão de continuar investindo aqui”, comenta.

De acordo com o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, o grupo acreditou na cidade e com isso trará mais investimentos e geração de renda.

“Rio Preto está preparada para receber esse e outros investimentos. Quero parabenizar o grupo por ter escolhido nossa cidade para mais esse grande investimento que irá dar emprego para os rio-pretenses”, afirmou o prefeito.

 

Atuando no segmento de atacarejo há mais de 15 anos, o Grupo vem consolidando cada vez mais suas operações nesse formato de loja.

“O Max Atacadista da Região  Norte será nossa 11ª loja com esse formato e a terceira no interior de São Paulo”, informa Ederson.

 

A inauguração do novo Max Atacadista está prevista para abril do ano que vem.

 

Sustentabilidade

O grande diferencial do Max Atacadista da Região Norte é a usina de energia fotovoltaica, que nada mais é do que a energia elétrica produzida a partir da luz solar. Serão instaladas mais de 3 mil placas fotovoltaicas para captação da energia solar que vai suprir 90% da necessidade de consumo de eletricidade da loja. Na prática, isso significa uma economia de 90% na conta de luz ao final de cada mês.

“O Grupo tem uma grande preocupação com o meio ambiente e estamos sempre em busca de alternativas mais sustentáveis para contribuir com sua preservação”, explica.

 

De acordo com o arquiteto Francisco Czinar, especialista em projetos de sistemas fotovoltaicos, a energia elétrica mensal que o Grupo Muffato vai economizar daria para abastecer 1.100 residências a cada mês. Outro benefício da usina de energia solar é a redução significativa da emissão de dióxido de carbono (gás carbônico ou CO2) na atmosfera.

Para se ter uma ideia, no caso do Max Atacadista, segundo Francisco, serão 740 toneladas a menos de CO2 por ano, quantidade equivalente ao plantio de mais de 91 mil árvores da Mata Atlântica.

 

Grupo Muffato

 

O Grupo Muffato tem 43 anos de história e atua em 18 cidades do Paraná e interior de São Paulo. São 53 lojas e 12 mil colaboradores diretos, além de gerar 4,5 mil empregos indiretos. É a quinta maior rede de supermercados do país, segundo o ranking da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em  Rio Preto a rede possui duas lojas que juntas geram quase mil empregos entre diretos e indiretos.

 

Artigo anteriorFarm acaba de fechar contrato com Iguatemi Rio Preto, que ganha loja exclusiva da marca carioca
Próximo artigoColuna Social – Natal com ChocoBrownie, Réveillon 2018  no Zero Grau e em Olímpia, Interfacu e mais
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.