Hospital João Paulo II atende pacientes de Rio Preto

0
40

A prefeitura de Rio Preto e o governo do estado de São Paulo firmaram uma parceria com o Hospital João Paulo II (AME). O propósito é  o atendimento de casos emergenciais não relacionados a doenças respiratórias.

A estratégia  reduz o número de pacientes no Hospital de Base e na Santa Casa nos leitos não relacionados às doenças respiratórias.

De acordo com o assessor  Secretaria de Saúde de Rio Preto, André  Baitello, cerca de 60 pacientes estão internados no Hospital João Paulo II. São  doenças relacionadas as  especialidades como ortopedia, urologia, cirurgia vascular e clínica médica.

“A gente tem que pensar nas outras doenças.  elas continuam acontecendo”, afirmou.

A prefeitura de Rio Preto firmou parceria também com a Faculdade de Medicina FACERES. A escola  monitora os idosos que vivem em Institutos de Longa Permanência (ILPIs) e Casas de Repouso.

“Estamos preocupados com os idosos , por isso estamos trabalhando para qualificar o funcionamento desses locais”, disse o Baitello.

O objetivo é a identificação rápida de casos relacionados a doenças respiratórias, com a garantia de assistência médica. Com a parceria, a FACERES e a prefeitura estão realizando o monitoramento diário das 42 Casas de Repouso e 4 ILPIs de Rio Preto, onde vivem cerca de 1.300 idosos.

“Além do monitoramento diário por telefone, também temos o acompanhamento da Secretaria de Saúde caso seja detectado algum problema e uma equipe de resposta rápida do SAMU para casos graves”, concluiu Baitello.

Artigo anteriorRio Preto tem 111 casos positivos de coronavírus e 51 curados
Próximo artigoOlímpia anuncia Festival do Folclore “Digital” com medidas de proteção à população
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.