Hy Line, sediada em Nova Granada, é a primeira genética de postura a receber o Certificado de Compartimentação do mundo

0
893
Hy Line do Brasil
Hy Line do Brasil

            A Hy Line do Brasil recebeu ontem, 28/03,   o Certificado de Compartimentação. A entrega foi feita pelo  Secretário de Agricultura Arnaldo Jardim. A cerimonia  aconteceu  no Indaiá Clube de Campo,  em Nova Granada.

Estiveram representados a Associação Brasileira de Proteína Animal, a Associação Paulista de Avicultura e a Secretária de Agricultura e Abastecimento.

Secretário Arnaldo Jardim prestigiou o evento

A Hy Line do Brasil é  uma  empresas do Grupo EW. Trata-se de  uma holding alemã 100% familiar.  É especializada e líder global em genética multi espécies . São frangos de corte, perus, poedeiras comerciais,  salmão, truta e tilápia. Tem, também ,  negócios em nutrição e saúde animal.

A Hy Line produz e comercializa, nacional e internacionalmente, as linhagens de genética para produção de ovos .

Se consagra como a primeira Empresa de genética de postura a receber o Certificado de Compartimentação do mundo.

“Trata-se de uma conquista inédita no mundo. É extremamente relevante para o setor de postura como um todo.  o selo  demonstra e valida uma estrutura que previne a entrada de doenças em nossas unidades.  e se elas eventualmente entrarem no país, há protocolos implantados e nosso time sabe o que fazer para mitigar os riscos.   manter as operações da empresa seguras, e conseguir manter a comercialização e exportação  “, celebra Tiago Lourenço, Diretor Geral da empresa.

A compartimentação é um programa que promove a estruturação da produção em compartimentos, mapeia e isola as estruturas de Unidades Produtivas, como uma blindagem sanitária.

“A Sanidade é o nosso passaporte para o mundo e o Certificado de Compartimentação é o visto que precisávamos para não parar nossa evolução e crescimento”, reforça Juliana Pereira, Gerente da Operação de Avós da Hy-Line do Brasil.

Investindo em um novo sistema de produção compartimentada para se prevenir de eventuais problemas sanitários, a avicultura brasileira busca o próximo nível para elevar seu padrão de qualidade.

O Brasil é o único grande produtor no mundo a nunca registrar Influenza Aviária em seu território. É, também, o primeiro a adotar o modelo compartimentado de produção, que permite respostas mais efetivas em situações sanitárias com impacto em barreiras comerciais. São vantagens competitivas determinantes no mercado internacional e que devem fazer o país avançar ainda mais como líder mundial das exportações avícolas.

 

 A Hy-Line garante o trânsito de material genético avícola tanto interestadual quanto no âmbito internacional.

 

Há 20 anos com sede em Nova Granada, a Hy-Line do Brasil abastece o mercado interno.  Exporta para 27 países.  Atende 70% dos países da América do Sul com o mais alto padrão de inovação em genética. São cerca de 5 milhões de ovos férteis, avós, matrizes e poedeiras de um dia exportados anualmente.

A multinacional movimenta a economia da região. Tem  600 empregos diretos e indiretos. Contribui com a população através de ações como doações voltadas para educação, lar de idosos e hospitais.

 

 

Artigo anteriorTrupe Koskowisck apresenta espetáculo circense ‘Quiproquó’ no Sesc neste domingo
Próximo artigoFeijoada dos Amigos 2018 no Villa Conte tem show da dupla João Bosco & Vinícius
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.