Imunização de crianças contra covid-19 em Rio Preto começa nesta segunda-feira

0
99
Compartilhe

A prefeitura de Rio Preto inicia na próxima segunda-feira, dia 17, a imunização das crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19. Serão disponibilizadas nesta primeira remessa, 1.930 doses do imunizante para composição pediátrica.

De acordo com a pasta, o primeiro grupo atendido será o de crianças com comorbidades ou deficiência permanente, que devem ser levadas até as Unidades Básicas de Saúde do Santo Antônio e Vila Elvira, das 7h30 à 15h.

Serão pontos exclusivos para vacinação de crianças de 5 a 11 anos, sem atendimentos respiratórios. As pessoas maiores de 12 anos que precisem receber dose de covid devem procurar as outras 25 Undiades de Saúde para receber o imunizante.

O pai ou responsável precisa apresentar o laudo médico que comprove a comorbidade ou a deficiência permanente listada no Plano Nacional de Imunização (PNI), além de certidão de nascimento ou documento de identidade da criança, número do CPF ou Cartão Nacional de saúde.

A recomendação é que as crianças estejam acompanhadas do responsável legal, caso isso não seja possível teremos um termo de Assentimento que poderá ser assinado previamente pelos pais e apresentado no dia da vacinação.

A gerente de imunização de Rio Preto, Michela Dias Barcelos, destacou que o cronograma da cidade segue o recomendado pelo PNI, mas depende da disponibilidade de vacinas pelo Ministério da Saúde. Ela explica que a imunização das crianças ajuda a proteger toda a população contra o novo coronavírus.

“É importante que os responsáveis saibam que a vacina é segura e eficaz, e é fundamental que as crianças recebam a primeira dose o quanto antes para conseguirmos romper a cadeia de transmissão do vírus, principalmente a de novas variantes. Além de proteger e evitar formas graves, a vacinação das crianças também protegerá os adultos e os idosos, por isso é urgente e necessária”.

Michela ressalta que é importante que os responsáveis saibam que a vacina é segura e eficaz, e é fundamental que as crianças recebam a primeira dose o quanto antes para evitarmos novos casos e o risco de complicações.

“Sobretudo nesta etapa que estaremos vacinando crianças com fatores de risco para gravidade. Além de proteger e evitar formas graves, a vacinação das crianças permitirá o aumento da cobertura vacinal geral e melhor controle da disseminação da doença”, concluiu.

*Lista de comorbidades do Ministério da Saúde*

Insuficiência cardíaca

Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndromes coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias e pericardiopatias

Doenças da aorta, grandes vasos e fístulas arteriovenosas Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas

Próteses e implantes cardíacos

Talassemia

Síndrome de Down

Diabetes mellitus

Pneumopatias crônicas graves

Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3

Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo

Doença cerebrovascular

Doença renal crônica

Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)

Anemia falciforme

Obesidade mórbida

Cirrose hepática

HIV


Compartilhe
Artigo anteriorShow de mágica gratuito é atração no Plaza Avenida neste domingo
Próximo artigoAplicativo de transporte para mulheres, crianças e idosos chega a Rio Preto
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.