JK Hall Centro de Eventos, no Iguatemi Rio Preto, faz festa de lançamento

0
98
JK Hall Centro de Evento, no Iguatemi Rio Peto, faz festa de lançamento
JK Hall Centro de Evento, no Iguatemi Rio Peto, faz festa de lançamento

Convidados se reuniram para acompanhar o pré-lançamento do JK Hall Centro de Eventos. A cerimônia aconteceu na noite desta quarta-feira (04) no Iguatemi  Rio Preto.

Na ocasião, o Grupo de empresários responsável pelo JK Hall, apresentou o empreendimento E, anunciou a abertura da agenda para eventos .

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo e o presidente da Associação Comercial , Paulo Sader falaram sobre a importância do novo Centro de Eventos.

 “Faz tempo que nossa cidade está carente de um espaço como este. os empresários foram felizes na escolha”, finaliza.

 

O JK Hall

As obras já iniciaram e investimento é  de R$5 milhões. A previsão de inauguração do espaço é para março de 2019. O JK Hall será capaz de receber até 2 mil pessoas .

“O JK Hall  permite que Rio Preto receba shows, convenções e eventos que não chegam a nossa cidade devido à carência de um local ”, explica o empresário André Oliveira.

André junto com Manolo Domingos e Jean Cardoso, empresários das áreas de turismo e direito corporativo, respectivamente, identificou a necessidade do espaço.

O JK Hall é um centro de eventos multiuso. Permite configurações exclusivas para diferentes opções de uso e acomodações para os mais variados formatos de eventos. Pode atender até três eventos simultaneamente.

Possui recepção, foyers e toilettes com acabamento premium. O espaço também será equipado com cozinha inteligente, chapelaria e camarins. A integração dos ambientes é possibilitada pelo uso de divisórias retráteis e acústicas.

De acordo com Oliveira, as empresas  que utilizarem o JK Hall terão acesso a propostas exclusivas para acomodação do público no Hyatt Place, hotel localizado no complexo Iguatemi. Além de todo o conforto proporcionado pelo shopping, como estacionamento, Praça de Alimentação, restaurantes, variado mix de lojas, além de cinemas e opções para lazer.

 

Mercado em expansão

A aposta no mercado de festas e eventos pelo grupo de empresários se deve a um amplo estudo de mercado. Acompanha um dos setores que mais movimentam a economia brasileira. Dados da Associação Brasileira de Eventos Sociais (ABRAFESTA) apontam em 2017 um giro de R$ 210 bilhões para eventos corporativos e R$ 16 bilhões para eventos sociais, o que representa 4,3% do PIB nacional.

 “Acreditamos no que fazemos e fazemos com excelência. por isso não tivemos medo de investir. Estamos certos de que o JK Hall  potencializa o segmento, gerando empregos, renda para movimentar a economia da região”, afirma Oliveira.

 

Detalhes do JK Hall
  • Salão Principal com 1.500m²;
  • Modular para eventos de 100 a 2.000 pessoas;
  • Recepção, Foyer e Toillets com acabamento premium;
  • Cozinha inteligente e estrutura com ambulatório, camarins, chapelaria;
  • Iluminação e climatização com controles setorizados.
Capacidade e formatos:
  • Auditório e Shows para até 2.000 participantes;
  • Coquetéis e eventos sociais de 100 a 1.500 convidados;
  • Serviço de Banquete de 100 a 1.400 convidados.
Artigo anterior3º Festival MPBrasil 2018 divulga as músicas finalistas
Próximo artigoSenac  Rio Preto oferece cursos de curta duração; Cozinha Italiana e Coquetéis de Cinema estão entre os destaques
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.