Números da Covid aumentam em Rio Preto

0
95
covid-19

O secretário de Saúde de Rio Preto Aldenis Borim mostrou preocupação com o aumento de todos os indicadores que envolvem a pandemia de coronavírus na cidade. Durante atualização dos números nesta sexta-feira, dia 11, Aldenis afirmou que tanto os números de novos casos, como de internações e óbitos estão em crescimento.

 

“Há um aumento de todos os indicadores, de piora da Covid em Rio Preto. O Comitê considera um aumento real de casos em todos os sentidos. Não é mais um pico isolado”, garantiu.

 

Nas últimas 24 horas foram divulgados 218 casos positivos para a doença e um novo óbito. Com isso são 31.109 pessoas já infectadas, com 835 óbitos. Ao todo 29.184 pessoas já se encontram recuperadas, 2.891 dos contaminados são da área da saúde e outros 3.227 apresentaram a síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

 

De cada 100 pacientes com sintomas mais graves 72 apresentam Covid. Para os casos leves são 31 pessoas diagnosticadas com a doença para cada 100 pacientes atendidos.

 

“Um aumento tanto de casos leves quanto de casos graves que são testados para positivo. Esse aumento, dissemos lá atrás, estávamos observando se era apenas um pico, mas está ocorrendo um aumento consciente tanto de casos leves como graves”, afirma Aldenis.

 

Tanto as médias móveis para casos confirmados de Covid quanto de internações e de óbitos se mantém na crescente. São 150 casos em média com diagnóstico positivo no dia 6 deste mês, 16 internações de média no dia 5 e cinco óbitos de média diária no último dia 7.

 

Em um intervalo de 65 dias Rio Preto teve 7.786 novos casos, o que representa uma taxa de crescimento de 1.023, segundo o secretário taxas maiores que 1 preocupam.

 

“A taxa ideal é menor que 1, acima revela tendência de elevação”.

 

A taxa de ocupação de leitos de UTI em Rio Preto que já chegou ser de 35% é agora de 52,63%. São 282 pacientes internados, sendo que 143 tem Covid-19 (71 em UTI e 77 em enfermarias).

 

Artigo anteriorAção de Natal do Plaza doa cinco toneladas de alimentos para a Associação Renascer
Próximo artigoComitê anuncia novas regras para reduzir transmissão da Covid-19
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here