Réveillon em Rio Preto tem queima de fogos, mas sem shows musicais

0
79
Compartilhe

O réveillon de 2021 em Rio Preto terá queima de fogos sem estampido na região da Represa Municipal, mas sem a realização dos shows tradicionais na virada do ano. A decisão foi tomada nesta terça-feira em reunião no gabinete do prefeito Edinho Araújo, com participação de secretários e de representantes do Comitê de Enfrentamento da Pandemia.

“Mesmo com a queda expressiva no número de casos de Covid-19 e da taxa de internações, entendemos que o momento ainda é de cautela e optamos por uma programação que evite grandes aglomerações”, destacou o prefeito.

Outras decisões importantes foram tomadas na reunião. O Projeto “Natal Luz” será lançado a partir de 19 de novembro, iluminando com motivos natalinos vários pontos da cidade, incluindo a passarela da Represa Municipal. Estão sendo estudadas apresentações culturais itinerantes no Calçadão, respeitando os protocolos sanitários.

Outra decisão tomada diz respeito ao carnaval 2022. Será mantido o formato com desfiles de vários blocos em Rio Preto e nos Distritos de Schmitt e Talhado.

Participaram da reunião, além do prefeito Edinho, os secretários de Planejamento, Orlando Bolçone, de Desenvolvimento, Jorge Luís de Souza, de Cultura, Pedro Ganga, da Fazenda, Martinho Ravazzi, da Comunicação, Mário Soler, de Esporte, Fábio Marcondes, e o chefe de Gabinete, Zeca Moreira. Representaram o Comitê da Covid-19 o secretário interino de Saúde, André Baitello, e a gerente da Vigilância Sanitária, Miriam Wolk.


Compartilhe
Artigo anteriorIguatemi Rio Preto apresenta o fenômeno Tesla
Próximo artigoNovo procedimento odontológico, em Rio Preto, garante implantes perfeitos e sem dor
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.