Olímpia espera hospedar cerca de 35 mil pessoas no Carnaval

0
83
Olímpia recebe secretario de turismo e os 70 prefeitos das Estâncias do Estado

O Carnaval  2018 promete ser bastante positivo para a hotelaria da Estância Turística de Olímpia. A dez dias do início do fim de semana prolongado, os meios de hospedagem já apresentam média de 87,5% de ocupação dos leitos para o período.

O índice foi divulgado nesta terça-feira (30) pela Pesquisa de Expectativa de Ocupação por amostragem, realizada pela  secretaria de Turismo. Segundo o relatório, a estimativa é de que 34.672 pessoas se hospedem na cidade, de 09 a 13 de fevereiro.

Ainda de acordo com o levantamento, 54,2% da hotelaria já estão totalmente lotados e 41,6% apresentam ocupação entre 60% e 99%, o que pode crescer até a próxima semana.

Nesse sentido, a data deve manter a média positiva de ocupação registrada nos últimos anos, uma vez que o município atingiu mais de 90% de ocupação média em 2016 e 2017.

“A cada ano, estamos crescendo na oferta de leitos para os turistas e, consequentemente, temos observado um aumento de famílias procurando a cidade para passar os feriados. Neste Carnaval, além das atrações aquáticas, a Prefeitura também realizará uma festa de rua, na principal avenida da cidade, proporcionando lazer e entretenimento para a população e os visitantes”, ressalta o secretário de Turismo, Dr. Selim Murad.

Thermas dos Laranjais

Para quem deseja aproveitar a data em um destino diferente, o Thermas dos Laranjais, quarto parque aquático mais visitado do mundo, localizado em Olímpia, no interior de São Paulo, é uma opção.

A principal atração turística da cidade preparou uma programação especial para quem deseja curtir a folia. Durante os quatro dias do feriado prolongado, o parque oferecerá aulas de axé em suas piscinas, além de show de samba para os visitantes.

Thermas dos Laranjais inaugura primeira Montanha Russa Aquática do Brasil
 Montanha Russa Aquática 

Entre as mais de 55 atrações, os turistas também podem curtir a Montanha-Russa Aquática, única no Brasil e uma das poucas do mundo, a Asa Delta – onde os turistas descem de uma altura de 18 metros em bóias duplas -, Everest e Kamikaze – as duas atrações mais altas do parque -, Surfmaster – pista de surf em formato meia lua para quem deseja se arriscar no esporte -, entre outras.

Além dos brinquedos radicais, existem algumas atrações destinadas exclusivamente para a diversão das crianças de até seis anos como o miniparque infantil onde eles podem se divertir com mais de 15 atrações aquáticas, incluindo o HulaHula – primeira atração a ser construída no Thermas dos Laranjais – a Bolha Infantil e réplicas em tamanho reduzido das principais atrações do parque.

Já para aqueles que querem fugir da agitação e relaxar um pouco, é possível aproveitar as Piscinas de Ressurgência – onde as pessoas não afundam -, um dos Ôfuros com águas que beiram os 40ºC ou a Piscina de Pedras para um momento de relaxamento e massagem.

 

 

Artigo anteriorHélio Tatsuo, fundador do grupo Hoken lança livro sobre poder das vendas
Próximo artigoSenac  Rio Preto realiza Simpósio de Tecnologia da Informação com o tema Big Data
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.