Cantor rio-pretense, Rayme Tellys, grava clipe de música na fazenda do Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano

0
32
Cantor rio-pretense, Rayme Tellys
Cantor rio-pretense, Rayme Tellys

No dia 17 de setembro, o cantor Rayme Tellys, rio-pretense de coração, grava o clipe da música inédita “Rebebendo”, na fazenda do cantor Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano.

Para apoiar a gravação do clipe de “Rebebendo”, Rayme foi em busca de parceiros que o ajudassem a tirar do papel este projeto.

“Viver de música no Brasil nem sempre é fácil. Gravar um DVD ou um clipe, muito menos. Tive que buscar parceiros que acreditassem neste projeto para torna-lo real e consegui, ou melhor, conseguimos”, afirma o cantor.

Um dos patrocinadores oficiais é a Clínica Fontão, também de Rio Preto, que acredita e apoia o projeto.

“Somos da área da saúde e acreditamos que a música faz parte deste nosso mundo. A música é capaz de ter efeitos incríveis no bem-estar dos indivíduos. Mas, pode ir muito além de alguns momentos de diversão e descontração. Através dela podemos cuidar da nossa saúde, prevenindo e tratando diversas enfermidades físicas, mentais e emocionais. Esse grande poder curativo da música é reconhecido cientificamente”, ressalta Fernanda Fontão, uma das proprietárias da Clínica.

Pendrive

A música “Rebebendo” é uma composição inédita, exclusiva do cantor, que será gravada no dia 17 de setembro e lançada em todas as plataformas digitais no dia 1 de outubro. Além de “Rebebendo”, Rayme também gravou “Amor Bandido”, em 2016, que já bateu mais de um milhão de visualizações no Youtube.

Rayme nasceu em Indiaporã, cidade que fica a menos de duas horas de Rio Preto, e veio para Rio Preto com 17 anos, onde está há quase 30 anos, tornando-se assim, rio-pretense de coração.

O apelido de “pendrive” surgiu em setembro de 2021, quando conheceu o cantor Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano, durante uma visita na fazenda.

“Estávamos cantando juntos e por eu conhecer e cantar todos os estilos de música, o Zé acabou me apelidando de ‘pendrive’. A partir daí comecei a fazer shows como “Rayme Tellys, o Pendrive”, já que o apelido pegou”, frisa o cantor.

Conheça Porto de Galinhas/PE pelas lentes do Malu Visita

Artigo anteriorEstação Cultural de Olímpia ganha ala gastronômica
Próximo artigoIlha dos Arvoredos, uma atração ímpar no litoral paulista.
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.