Estação Cultural de Olímpia ganha ala gastronômica

0
20
Estação Cultural de Olímpia ganha ala gastronômica
Estação Cultural de Olímpia ganha ala gastronômica

Incrementando as opções de lazer no município, a Estação Cultural de Olímpia – ECO está ganhando um novo espaço. O local, considerado o maior projeto de restauro e resgate histórico da cidade, agora, contará também com uma ala gastronômica, em uma nova etapa da valorização da região mais antiga de Olímpia.

O novo espaço será coberto, com implantação de um restaurante, área com mesas e cadeiras e um paisagismo moderno, além de banheiros. A empresa responsável pela obra é a Susman Construção e Manutenção LTDA, com previsão de seis meses para execução. Após a conclusão das obras, a ala gastronômica será licitada para exploração comercial.

No total, será investido cerca de R$ 1,2 milhão, sendo pouco mais de R$ 1 milhão do convênio com a secretaria estadual de Turismo e Viagens, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADETUR) e mais a contrapartida em recursos próprios.

Ainda no espaço será construído um Coreto para diversos eventos e apresentações culturais, cuja construção será licitada em breve.

A ECO – Estação Cultural de Olímpia, que funciona no imóvel da antiga Estação Ferroviária, foi inaugurada no fim do ano passado para ampliar o acesso à cultura e a arte de forma gratuita e aberta a toda população.

Exposições

Atualmente, conta com duas exposições culturais, “O feminino em Flávio de Carvalho”, com 40 obras do artista, que foi um dos grandes nomes da geração modernista brasileira, inclusive com peças inéditas, entre desenhos, gravuras e pinturas nunca antes apresentadas ao público, que buscam acentuar a presença do feminino, e a mostra “A Cor Brasileira”, que traz 30 obras do mais importante pintor Naif brasileiro, José Antônio da Silva, sob a supervisão do professor Romildo Santana.

A exposição ainda é composta por um grupo de pinturas de Edgar Calhado, amigo do artista e natural de Olímpia, promovendo um sensível diálogo artístico. A ECO está aberta para a visitação do público, de terça a domingo, das 15h às 21 horas, localizada na Rua Coronel José de Medeiros, 477 – Patrimônio de São João Batista

Conheça Porto de Galinhas/PE pelas lentes do Malu Visita

Artigo anteriorPousada Quatro Estações de Pinhal tem pacotes atrativos para curtir Natal e Réveillon na Serra da Mantiqueira
Próximo artigoCantor rio-pretense, Rayme Tellys, grava clipe de música na fazenda do Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.