Rio Preto registra 3 novas mortes por Covid-19

0
209
saúde

Com três novos óbitos e 18 casos positivos  nas últimas 24 horas Rio Preto atinge nesta terça-feira, dia 16, um total de 1.352 pessoas contaminadas por Covid-19.

Os óbitos referem-se a dois homens, de 62 e 72 anos e uma mulher de 74 anos.

Todos apresentavam comorbidades .

Agora a cidade soma 43 mortes causadas pela Covid-19.

Dentre as comorbidades, cardiopatias com 57%, diabetes 40%, imunodepressão e problemas neurológicos com 10% e obesidade com 7,5%, são as que mais causam óbitos nas pessoas contaminadas pelo coronavírus.

Desde o início da pandemia 762 pessoas se recuperaram da doença, 279 dos infectados atuam na área da saúde.  Os outros 246 apresentaram complicações mais severas devido a síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

O coeficiente de incidência é de 293 casos para cada 100 mil habitantes.

Gráfico apresentado durante a atualização nesta terça-feira revela que nos últimos dias tanto o coeficiente de novos casos positivos como o número de mortes são maiores quando comparados ao do Estado de São Paulo.

“A situação é preocupante sim. Aumento de casos graves internados e aumento de óbitos. Hora de pensar muito, não sair desnecessariamente, tentar reduzir ao máximo a transmissão da doença”, reforçou a gerente da vigilância epidemiológica Andréia Negri.

São 1.015 notificações de pessoas que tiveram SRAG desde o início da pandemia.

Sendo que destes 289 (28% do total) apenas nos últimos 14 dias. São 164 pessoas internadas no momento, 68 deles positivos para Covid-19.

São 62 pacientes em UTI’s e 102 em enfermaria.

 

 

 

Artigo anteriorShopping Cidade Norte tem um Cine Drive-in
Próximo artigoRio Preto ganha novo serviço de testagem para exames de Covid-19
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.