A estação das hortênsias na Serra Gaúcha

0
125

Existe um roteiro, que tem sido muito desejado no verão: a Serra Gaúcha, com suas temperaturas mais amenas, paisagens deslumbrantes e até com um mar, mas um mar de flores azuis, as famosas hortênsias. As hortênsias florescem em novembro e permanecem exuberantes até fevereiro/março, para encanto dos visitantes. Estas flores se apresentam nas cores azul, rosa, branca e lilás, sendo realmente um espetáculo à parte na região, onde a atração maior é a natureza.

Conhecida pelos nomes comuns de hortênsia, hidrângea ou novelão, esta é uma espécie arbustiva nativa do Japão e China. Atualmente é cultivada como planta ornamental em todas as regiões temperadas e subtropicais. A espécie, apresenta principalmente flores rosadas ou azuis dependendo do pH do solo. Em solos ácidos as flores são azuis, enquanto em solos alcalinos são cor-de-rosa.

Dentro do Parques da Serra Bondinhos Aéreos, em Canela, a flor se adaptou muito bem e tem proporcionado um cenário dos sonhos nesta época do ano. Localizado numa região de rara beleza, entre montanhas e vales, no município de Canela/RS, o lugar apresenta uma rica e diversificada fauna e flora.

Em um passeio, com o equipamento turístico Bondinhos Aéreos, é possível percorrer os 840 metros de percurso suspenso, admirando as belas paisagens. Dá para contemplar as hortênsias na sua estação e ver bem de perto e do alto a Cascata do Caracol.

A flor hortênsia traz um significado muito importante para os dias de hoje.

Ela simboliza devoção, dignidade, elevação espiritual e pureza de sentimento. Além disso, ela também pode ser associada à abundância e prosperidade. O nome Hortênsia deriva do latim, que significa literalmente “jardineira”, “aquela que cultiva hortos”. Esse nome, e seu significado, se relaciona com vigor, beleza e juventude, qualidades associadas a tudo que nos remete o ato de cultivar plantas e cuidar de jardins. É tempo de cultivar e admirar jardins na Serra Gaúcha.