Diversidade cultural invade Sesc Rio Preto com programação de Carnaval

0
115
Diversidade cultural invade Sesc Rio Preto com programação de Carnaval

Com o tema “Muitos Carnavais”, o Sesc Rio Preto traz uma programação multicultural e diversificada . Shows, oficinas e vivências, embalados por muito samba, axé, frevo e marchinhas, integram a programação especial. Tem atividades gratuitas para todas as idades.

Entre os destaques, está o projeto Batuqueiros da Vila, que traz sua animada roda de samba para a Comedoria. A apresentação é na sexta, dia 9 de fevereiro, a partir das 20h. O projeto busca resgatar o melhor do samba raiz cantado em coro e batido na palma da mão, reunindo amigos e sambistas, uma vez por mês, na Vila Diniz. No bairro rio-pretense, o evento acontece uma vez por mês. Na apresentação do Sesc, o Batuqueiros da Vila dará o grito de Carnaval.

Também na sexta, dia 9, e na quinta, dia 8, uma atração  encanta a criançada no período da tarde. Às 16h30, na Comedoria, o Grupo de Pífanos Flautins Matuá. apresenta o espetáculo interativo “Fuá Curumim”. É influenciado pelas tradicionais bandas de pífanos e repleto de danças e ritmos brasileiros tradicionais.

A cantora e instrumentista bauruense Adriane Calixto é uma das atrações do sábado, dia 10. Faz um show às 16h30 em que apresenta releituras dos mais belos clássicos do samba. Nomes como Jovelina Pérola Negra, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara, Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Beth Carvalho e Cartola são revisitados.

Antes dela, o público poderá se divertir em duas oficinas: “Bolhas de Sabão” e “Camirim”. Este é um espaço para crianças experimentarem materiais de maquiagem e complementarem seu visual de Carnaval, com pinturas faciais desenhadas livremente.

No domingo, 11, a programação carnavalesca começa com uma oficina de confecção de chocalho com tecidos, sementes e tampinhas, marcada para às 14h. Depois, haverá dois shows para o público cair na folia. Às 15h, na Comedoria, quem se apresenta é o Unidos do Quintal, trazendo marchinhas tradicionais e algumas autorais. A turma do Beco do Samba sobe ao palco às 16h30, com sambas e marchinhas.

A segunda, 12, também reúne atividades para todas as idades. A intervenção “Bloquinho do Gramado”, com Thiago Kava, às 15h, por exemplo, envolverá crianças e familiares com muita animação. O show da Turma do Funil, na Comedoria, às 16h30, apresentará a tradição das marchas carnavalescas, marchas rancho e frevos tradicionais.

A programação do último dia do Carnaval, terça, 13, será aberta pela oficina “Lançador de Confetes”, às 14h. Em seguida, a Comedoria recebe o show “Carnaval da Trupe”, com a Trupe Pé de Histórias, resgatando marchinhas tradicionais e trazendo músicas atuais.

E, para reviver os grandes sucessos do axé da Bahia, o Axé e Pau na Máquina sobe ao palco às 16h30. É o Tchan!, Harmonia do Samba, Daniela Mercury, Timbalada, Psirico, Chiclete com Banana, Léo Santana, Ivete Sangalo e Filhos de Jorge são nomes garantidos na apresentação.

 

Idosos

E, no mês de fevereiro, o Sesc também traz uma programação especial embalada pelo Carnaval voltada a idosos. Trata-se da vivência “Danças e Ritmos do Carnaval”, com Vinícius Rocha, músico percussionista, Sarah, integrante do Grupo Afoxé Omo Orùnmilá, e Mayara Íris, pesquisadora da cultura popular.

Durante quatro encontros, serão abordados os principais ritmos e formas de dançar de algumas das principais manifestações do Carnaval do Brasil, como o afoxé e o samba-reggae de Salvador, o maracatu e o frevo de Recife, e o samba-enredo e a marchinha do Rio de Janeiro. As atividades começam na segunda, dia 12, e seguem até o dia 28, uma quarta, data em que os participantes farão uma demonstração de Maracatu e Ciranda.

 

Confira a programação completa:

 

 

Dia 8, quinta

SHOW

FUÁ CURUMIM

Com Grupo de Pífanos Flautins Matuá.

Influenciado pelas tradicionais bandas de pífanos, o Fuá é um espetáculo interativo repleto de danças e ritmos brasileiros tradicionais, como o frevo, o cavalo marinho, o maracatu, o xote, o baião e o coco. O repertório dançante traz músicas autorais, de domínio público e de mestres da cultura tradicional. Através de dinâmicas interativas e coreografadas, o público é convidado a participar do espetáculo brincando.

Dias 8 e 9, quinta e sexta, 16h30 às 18h.

Comedoria. Grátis.

 

Dia 9, sexta

SHOW

FUÁ CURUMIM

Com Grupo de Pífanos Flautins Matuá.

Influenciado pelas tradicionais bandas de pífanos, o Fuá é um espetáculo interativo repleto de danças e ritmos brasileiros tradicionais, como o frevo, o cavalo marinho, o maracatu, o xote, o baião e o coco. O repertório dançante traz músicas autorais, de domínio público e de mestres da cultura tradicional. Através de dinâmicas interativas e coreografadas, o público é convidado a participar do espetáculo brincando.

Dias 8 e 9, quinta e sexta,

16h30 às 18h.

Comedoria. Grátis.

BATUQUEIROS DA VILA

Samba.

O projeto Batuqueiros da Vila é uma animada roda de samba que acontece em uma das ruas da Vila Diniz, em São José do Rio Preto. Nesta apresentação, os amigos e sambistas dão o grito de Carnaval do Sesc Rio Preto, com uma extensa seleção de sambas.

Dia 9, sexta, 20h às 23h.

Comedoria. Grátis.

 

Dia 10, sábado

OFICINA

BOLHAS DE SABÃO

Vivência para crianças e adultos, em que os participantes experimentarão brincadeiras com vários tamanhos de bolhas de sabão: das menores às gigantes.

Dia 10, sábado, 14h às 15h.

Gramado. Grátis.

CAMIRIM

Espaço para crianças experimentarem materiais de maquiagem e complementarem seu visual de carnaval com pinturas faciais desenhadas livremente.

Dia 10, sábado, 15h às 18h.

Comedoria. Grátis.

SHOW

ADRIANE CALIXTO

A cantora e instrumentista bauruense tem no samba seu dom natural. Seu repertório mostra uma releitura dos mais belos clássicos do samba inspirados em Jovelina Pérola Negra, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara, Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Beth Carvalho e Cartola.

Dia 10, sábado, 16h30 às 18h.

Comedoria. Grátis.

 

Dia 11, domingo

OFICINA

CHOCALHO

Pais e filhos confeccionarão um chocalho com tecidos, sementes e tampinhas para agitar a brincadeira do carnaval.

Dia 11, domingo, 14h às 15h.

Espaço Oficina. Grátis.

SHOW

UNIDOS DO QUINTAL

Com um repertório recheado de marchinhas tradicionais e algumas autorais, esse time traz também para campo (ou quintal) o frevo e outros estilos que embalam os bailes de carnaval e festas populares de diferentes partes do Brasil.

Dia 11, domingo, 15h às 16h.

Comedoria. Grátis.

BECO DO SAMBA

Sambas e marchinhas para o carnaval. Trio formado há três anos por músicos com repertório eclético e virtuoso.

Dia 11, domingo, 16h30 às 18h.

Comedoria. Grátis.

 

Dia 12, segunda

OFICINA

BRINCANDO COM O CARNAVAL

Confecção de máscaras de carnaval para pais e filhos.

Dia 12, segunda, 14h às 15h.

Espaço Oficina. Grátis.

INTERVENÇÃO

BLOQUINHO DO GRAMADO

Com Thiago Kava.

Venha curtir o carnaval no nosso bloquinho para

pais e filhos.

Dia 12, segunda, 15h às 16h.

Gramado. Grátis.

SHOW

TURMA DO FUNIL

Marchinhas

Grupo rio-pretense que apresenta a tradição das marchas carnavalescas, marchas rancho e frevos tradicionais.

Dia 12, segunda, 16h30 às 18h.

Comedoria. Grátis.

 

Dia 13, terça

OFICINA

LANÇADOR DE CONFETES

Com Instrutores Infanto-juvenis.

Oficina para pais e filhos de confecção de um brinquedo que lança confetes de carnaval.

Dia 13, terça, 14h às 15h.

Espaço Oficina. Grátis.

SHOW
CARNAVAL DA TRUPE

Com Trupe Pé de Histórias.

Resgatando marchinhas tradicionais e misturando as músicas atuais, essa trupe, com muita música, história, confete e serpentina, deixa florescer o amor entre um folião e uma boneca que ganha vida.

Dia 13, terça, 15h às 16h.

Comedoria. Grátis.

AXÉ E PAU NA MÁQUINA

Axé.

A banda revive os grandes sucessos do axé da Bahia, apresentando um repertório contagiante que traz nomes como: É o Tchan!, Harmonia do Samba, Daniela Mercury, Timbalada, Psirico, Chiclete com Banana, Léo Santana, Ivete Sangalo e Filhos de Jorge, entre outros.

Dia 13, terça, 16h30 às 18h.

Comedoria. Grátis.

 

De 12/02, segunda, a 28/02, quarta

VIVÊNCIA
DANÇAS E RITMOS DE CARNAVAL

Com Vinicius Rocha, músico percussionista, Sarah, integrante do Grupo Afoxé Omo Orùnmilá, e Mayara Íris, pesquisadora da cultura popular.

Por meio de vivências, aprenda os principais ritmos e formas de dançar as principais manifestações do Carnaval do Brasil, o afoxé e samba reggae de Salvador, maracatu e frevo de Recife e o samba enredo e marchinha do Rio de Janeiro.

No Compasso das Marchinhas de Carnaval

Dia 12, segunda, 14h30 às 16h.

Comedoria. Grátis.

Ritmos de Salvador

Dia 16, sexta, 14h30 às 17h.

Comedoria. Grátis.

Ritmos do Rio de Janeiro

Dia 23, sexta, 14h30 às 17h.

Comedoria. Grátis.

Ritmos de Pernambuco

Dia 27, terça, 14h30 às 17h.

Espaço Oficina. Grátis.

Maracatu e Ciranda

Dia 28, quarta, 15h às 16h.

Comedoria. Grátis.

 

Artigo anteriorSeminário Acirp de Liderança, carnavais,  Aline Riscado e Toyota em Votuporanga e mais
Próximo artigoChoperia Zero Grau traz mistura de ritmos e Carnaval open bar em 2018
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.