Show do Psicorange e oficina de maquiagem são destaques na programação da Cia. Cênica na internet

0
20

O power trio rio-pretense Psicorange é um dos destaques da programação desta semana do Território Cênico 2020.

Trata-se de um projeto permanente de formação e difusão cultural da Cia. Cênica, de  Rio Preto. Pela primeira vez acontece de forma 100% online.

A banda faz show com transmissão ao vivo nesta quinta-feira (27/8), às 20h, pelo canal da Cia. Cênica no YouTube (www.youtube.com/user/ciacenica).

Formado por Murilo Gussi (vocal), Andressa Maria (bateria e vocal) e Sávio D’Agostino (contrabaixo e vocal), o Psicorange surgiu na cena musical da cidade em 2018. O trio tem um trabalho autoral influenciado pelo pop, hard rock e glam, e faz um show que flerta com a performance e a declamação de textos.

As canções evocam a diversidade e as liberdades individuais, destacando a música como uma forma de resistência diante dos inúmeros preconceitos que assolam a sociedade. O primeiro EP com canções autorais nasceu no final de 2018, através do Prêmio Nelson Seixas, da Secretaria Municipal de Cultura de São José do Rio Preto.

Além do repertório autoral, o trio também apresenta em seus shows releituras de músicas de Cazuza, Mutantes, Titãs, Ekena e Não Recomendados.

 

Mais programação

Nesta semana, o projeto Território Cênico traz outra live em sua programação. No domingo (30/8), 16h, acontece a oficina “Maquiagem e sua Trajetória – da Beleza à Arte”, com Suria Amanda, atriz, dançarina e maquiadora.

A atividade apresenta um breve histórico do caminho percorrido pela maquiagem até alcançar o campo artístico e teatral.

A atividade será transmitida pelo canal da Cia. Cênica no YouTube.

Além das lives artísticas e de formação cultural, o público poderá acompanhar outras ações do Território no decorrer desta semana nas redes sociais da Cia. Cênica (Facebook @cia.cenica e Instagram @ciacenica).

Uma delas é a Mostra Caleidoscópio de Fotografia, que sempre às segundas-feiras traz uma nova foto selecionada, feita pelos autores em casa durante a quarentena. Nesta semana, o registro é de Bruna Ferreira Retratos.

As redes sociais da Cênica também trazem a série “Cápsulas Poéticas”, com publicação de vídeos criados por artistas convidados às terças-feiras e sábados. Jaqueline Cardoso participa com “Medo do Medo” nesta terça e Jéssica Paladino, com “Quadro e Quatro”, sábado.

Outra atividade é a pesquisa “Medicina de Quintal”, de Mariana Gagliardi e Larissa Macena, que propõe resgatar, registrar e compartilhar conhecimentos sobre cultivo e uso popular das plantas medicinais e divulga novos vídeos de colaboradores às quartas-feiras e domingos.

Nesta semana, serão divulgados vídeos com Marília Botelho e Nara Gonçalves Lopes, respectivamente.

A programação do Território Cênico 2020 é viabilizada pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Até 24 de setembro, serão desenvolvidas 40 atividades artísticas, todas gratuitas.

 

PROJETO TERRITÓRIO CÊNICO 2020

Realização: Cia. Cênica, com apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC), de 16 de julho a 24 de setembro de 2020. Gratuito.

Programação completa: http://ciacenica.com.br/sit/territorio-cenico/

 

Artigo anteriorEm 24 horas Saúde divulga 78 novos casos de covid-19 e cinco mortes
Próximo artigoAprenda a fazer um clássico, sanduíche “Bauru”
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.