Taflex inicia as obras do Bosque das Laranjeiras em Catanduva

0
43

 Taflex é a  nova marca da TARRAF, e deu início em Catanduva às obras do Bosque das Laranjeiras. O  empreendimento é de R$ 86 milhões de VGV  e traz como grande diferencial um mix de terrenos e casas já prontas.

“O Bosque das Laranjeiras tem a cara da Taflex. É flexível e atende a diferentes desejos. É bom para quem quer investir, aproveitando taxas de juros mais baixas da história. É bom para quem deseja construir a casa do seu jeito. E é bom para quem procura por um imóvel novo, mas já construído e pronto para morar”, explica o vice-presidente da TARRAF, Olavo Tarraf Filho.

Localizado ao lado do Jardim Pedro Borgonovi  tem fácil acesso pela marginal da rodovia Comendador Pedro Monteleone. O Bosque das Laranjeiras ocupa área de 340 mil m² e conta com 377 casas e 404 terrenos.

Casas de 2 e 3 dormitórios terão até 60,20 m² e serão vendidas a partir de R$ 145 mil, com subsídios de até R$ 20.035,00 pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

Será possível escolher entre até três modelos de casa. Já os terrenos serão vendidos a partir de R$ 49,9 mil.

Um outro diferencial é a área de lazer. Contará com playground, academia e pista de caminhada, entre outros itens.

A execução será rápida, com entrega prevista em 24 meses a partir do início das vendas. Serão mais de 500 empregos diretos e indiretos gerados durante as obras.

O Bosque das Laranjeiras é o segundo lançamento da Taflex, depois do sucesso de vendas do Borghese Boulevard, residencial com duas torres de apartamentos em  Rio Preto. A nova marca da TARRAF, lançada neste ano, foi criada para incorporar os empreendimentos da linha econômica da empresa.

 

 

Artigo anteriorRio Preto ultrapassa os 7 mil casos e tem 10 novas morte por covid-19
Próximo artigoEspaguete com creme de leite fresco e vinho branco
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.