TEATRO DO SESI SÃO JOSÉ DO RIO PRETO APRESENTA O ESPETÁCULO A MENINA LIA

0
141
Compartilhe

 A Menina Lia, comédia infantil livremente inspirada no romance Matilda, do escritor britânico Roald Dahl (1916-1990), será encenada no Teatro do Sesi de São José do Rio Preto. Com direção de Fernanda Gama e encenado pela Cia. do Fubá, o espetáculo narra as aventuras da menina Lia, cuja maior diversão é passar horas na biblioteca, lendo um livro atrás do outro. Por meio de suas leituras, Lia acaba conhecendo a personagem Matilda, muito parecida com ela. A peça terá sessões na cidade no dia 16 de maio, sexta-feira, às 15 horas, e nos dias 17 e 18 de maio, sábado e domingo, às 16 horas. A entrada é gratuita.

 Quanto mais Lia lê, mais aprende. Ao mesmo tempo, suas dúvidas em relação ao mundo aumentam. Seus pais assistem à televisão o tempo todo e acham muito esquisito a menina gostar tanto de ler. Incompreendida pelos pais, que gostariam que ela fosse como as outras crianças, ela se refugia na leitura, único momento em que encontra amigos de verdade. Um dia, Lia encontra o livro Matilda e descobre que existe uma garota como ela, que tem de vencer o desprezo de seus pais e a hostilidade de uma diretora da escola para, depois de tudo, encontrar seu próprio final feliz.

Em um contexto como o atual, em que cada vez mais o contato das crianças e jovens com a palavra escrita ocorre de forma instantânea, por meio de mensagens de texto no celular ou pela internet, o espetáculo destaca que ler é muito mais que uma tarefa chata que nos dão na escola e que os livros são objetos mágicos, que exercitam nossa imaginação e ensinam importantes lições. Com o objetivo de abordar o tema de uma forma acessível, a companhia escolheu o texto de Roald Dahl. Autor de livros como A Fantástica Fábrica de Chocolate e James e o Pêssego Gigante, o britânico foi um dos maiores escritores para crianças em todo o mundo.

A Cia. do Fubá, ao reunir os acontecimentos da história sob o ponto de vista de uma nova personagem, busca uma abordagem mais abrangente – em vez de falar de apenas uma menina, o espetáculo passa a falar de todas. Com um visual colorido, a peça traz muitas referências do universo do Reino Unido, numa homenagem ao autor de Matilda: da música ao figurino, que utiliza casacos, galochas e a mistura dos mais variados padrões de tecido xadrez.

A Cia. do Fubá surgiu em 2010, a partir da ideia de trabalhar na construção de narrativas infantis, divertidas de fazer e de assistir e que também podem tratar de assuntos sérios. O grupo tem como objetivo a busca por uma linguagem artística que interesse a adultos e crianças, além de focar no trabalho do ator-narrador e no uso da ludicidade e teatralidade em cena.

 

Ficha Técnica

Dramaturgia e direção: Fernanda Gama

Elenco: Bia Campos, Bruno Gavranic, Leonardo Devitto e Maria Tuca Fanchin

Direção de Arte: Antônio Vanfill

Iluminação: Luciano Ferreira Alves

Trilha sonora: Fernanda Gama

Edição e operação de som: Ruba Ruy Borba

Operação de luz: Luciano Ferreira Alves

Produção: Núcleo Corpo Rastreado

 

 

Local: Teatro do Sesi São José do Rio Preto – Av. Duque de Caxias, 4656 – Vila Elvira

Datas e horários: 16 de maio – sexta-feira – 15 horas; 17 e 18 de maio – sábado e domingo – 16 horas.

Capacidade: 376 lugares e 8 para cadeirantes

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: livre

Modalidade: infantil

Gênero: comédia

Informações: 17 – 3224-2499

Entrada gratuita – os ingressos serão distribuídos 30 minutos antes do início da apresentação


Compartilhe
Artigo anteriorDomingo tem FeiJÔada no Marina Bonita
Próximo artigo“A Musicalidade na Arte” inicia atividades da 4ª edição do Invernarte no Shopping Iguatemi
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.