Touro Bipolar, da Companhia de Rodeio Paulo Emílio, está entre os três melhores do mundo

0
346
Melhor Touro BIPOLAR

O touro Bipolar, da Companhia de Rodeio Paulo Emílio, conquistou a fivela de melhor touro do Rodeio Internacional de Barretos 2018.  E, também,  foi ranqueado como o 3º melhor touro de rodeio do mundo. O ranking é feito pelo Probullstats. Trata-se de um  órgão que cataloga todas as notas de 500 touros atletas que participam das maiores competições de rodeio do mundo.

Durante a 63ª Festa do Peão de Barretos, Bipolar desbancou o favorito Danilo Torres Sobrinho em apenas quatro segundos. Consolidou, assim,  ainda mais seu status de um dos touros mais premiados e temidos da história dos rodeios.

Em toda a sua carreira, o animal de 1.100 quilos ganhou mais de 80 fivelas de premiações em campeonatos. Foi eleito melhor touro do ano em 2012, 2016 e 2017. E mais, ele foi um dos únicos touros a competir em alto nível por um longo período. Nos últimos seis anos, ele esteve entre os melhores.

“Bipolar superou todas as expectativas de um touro atleta. Geralmente, eles competem de três a quatro anos,. mas ele é diferente, manteve o alto nível desde o início da carreira e continuou assim durante seis anos”, disse o tropeiro e dono do animal, Paulo Emílio Marques.

Logo após o título de Barretos, Paulo Emílio Marques anunciou o início do processo de aposentadoria de Bipolar.

“Ele nos deu muitas alegrias. Agora é hora de descansar, competir menos”, disse.

 

Artigo anteriorPacaembu Construtora faz doação de R$ 100 mil para o Hospital de Amor na Festa do Peão do Barretos
Próximo artigoGuapeão, Rodeio de Guapiaçu começa nesta quinta-feira
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.