Rio Preto apresenta plano de flexibilização ao governo do Estado

0
313

A prefeitura de Rio Preto apresentou ao governo do Estado o Plano Regional para Flexibilização das Atividades Econômicas.

O Comitê criou 5 níveis de acompanhamento de casos em Rio Preto. O plano  vai do mais radical (Fecha tudo – nível 5) à reabertura geral (nível 1).

A tabela que cria os 5 níveis leva em consideração o número de síndromes gripais leves e graves, casos de Covid, ocupação de leitos em UTIs e a garantia de EPIs  e quantidade de profissionais de saúde na ativa.

Atualmente a cidade encontra-se no nível 3, que autoriza o funcionamento de serviços essenciais, seguindo regras previstas no decreto do governo do Estado de São Paulo.

Mantida a estabilidade e/ou registrar queda no número de casos, a proposta do comitê prevê a inclusão da cidade no nível 2, que prevê a reabertura de alguns segmentos da economia.

Durante a apresentação aos prefeitos de diversas regiões do Estado, o prefeito Edinho Araújo, defendeu mais uma vez a autonomia dos prefeitos e a regionalização da flexibilização da economia de acordo com a situação em cada local.

Estava prevista a presença do governador do Estado, João Dória, mas a reunião foi adiada para a próxima terça-feira, dia 26. A reunião de hoje foi coordenada pelo Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

“Defendo a autonomia dos municípios e criamos um plano de trabalho com perspectiva na retomada da economia. respeitamos as decisões técnicas da ciência e da medicina. O plano foi definido pelo comitê com critérios seguros para que não haja descontrole no enfrentamento da pandemia”, afirmou o prefeito.

Edinho destacou também a importância de setores da economia. Eles  já vem sofrendo com quase 70 dias de isolamento social possam ser contemplados com a volta ao trabalho.

De acordo com o secretário de Saúde, Aldenis Borim, é facultado aos prefeitos da região aderir ao plano de acordo com a realidade local . Isto condicionado a decisão do governo do Estado de regionalizar as decisões contidas em um futuro novo decreto.

 

Isolamento social é critério

Um dos principais critérios exigidos pelo governo do Estado é o índice de isolamento social acima de 50%.

“Estamos mais próximos de chegarmos no nível 2. Isto nos  permite uma flexibilização maior.  podemos fazer um esforço final para aumentar nossos níveis de isolamento . Vamos chegar ao dia 1° de junho, quando termina o decreto do governador, em condições de retomar atividades econômicas”, afirmou  Edinho Araújo.

 

 

Artigo anteriorRio Preto registra 13 novos casos e agora tem 518 pessoas com coronavírus
Próximo artigoManual orienta comerciantes sobre instalações comerciais no Mercadão 
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.