Manual orienta comerciantes sobre instalações comerciais no Mercadão 

0
95
Mercadão Municipal
Mercadão Municipal

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Rio Preto encaminhou na tarde desta sexta-feira (22) aos permissionários do Mercado Municipal o manual técnico para instalação das unidades comerciais após reforma e revitalização do prédio.

“Criamos um padrão de ocupação em conjunto com a Secretaria de Obras e o Comdephact ”, conta o secretário da pasta, Antonio Pedro Pezzuto Junior.

O guia é o instrumento que organiza a ocupação do Mercadão depois da conclusão das obras. Traz orientações quanto aos padrões de segurança, estético e demais regramentos comuns a todos.

“A primeira providência do permissionário é a contratação de profissionais capacitados para o desenvolvimento do projeto arquitetônico e laudos ou projetos das instalações, de acordo com as normas da ABNT e demais legislações aplicáveis”, orienta o manual logo em sua introdução.

A regra vale inclusive para instalações que não forem alteradas, pois é necessária emissão de laudos com respectivas ART – Anotação de Responsabilidade Técnica/RRT – Registro de Responsabilidade Técnica.

A Etapa 2 das obras de reforma e revitalização do prédio  foi concluída, conforme cronograma de planejamento. Os permissionários poderão iniciar a implantação das unidades comerciais na parte já concluída após a aprovação de projeto arquitetônico.

Os permissionários cujas unidades comerciais ficam nessa área do prédio deverão apresentar o projeto até 03 de junho deste ano.  A pasta fica na rua Daniel Antonio de Freitas, 115 – Recinto de Exposições. É necessário agendamento pelo telefone 3232-0016.

Depois de passar por análise, os projetos autorizados poderão ser executados a partir a 08 de junho.

 

 

Artigo anteriorRio Preto apresenta plano de flexibilização ao governo do Estado
Próximo artigoFundo Social lança Campanha do Agasalho 2020
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.