Fundo Social lança Campanha do Agasalho 2020

0
19

O Fundo Social de Solidariedade de Rio Preto, presidido pela primeira-dama Maria Elza Araújo, iniciou  dia 22 de maio, a Campanha do Agasalho 2020 “Mais Coração, Menos Frio”.

A campanha coleta doações de roupas, sapatos, cobertores e peças de inverno que sejam novas ou em bom estado para ser distribuídas nas entidades assistenciais da cidade, a pessoas de baixa renda e à população em situação de rua.

A coleta termina no dia 31 de julho. É recebida sempre na sede do Fundo Social, rua Pedro Amaral, 3578, Vila Ercília.

Este ano, em face da pandemia não haverá contato direto com doadores, nem distribuição de caixas nas empresas e escolas.

A equipe do Fundo Social já está a postos para receber as doações embaladas. Chegando no Fundo Social, as embalagens vão ser higienizadas com álcool 70%, como recomendado pelo Ministério da Saúde.

A coordenação da campanha solicita que as roupas usadas devem ser entregues limpas e embaladas, separadas por masculino, feminino e infantil.

“Não podemos fazer a separação como nos anos anteriores, para não haver manuseio e possível contágio. Não usaremos as caixas também. Tudo o que recebermos já será encaminhado para as instituições, que serão avisadas da não-manipulação das roupas,” disse a primeira-dama Maria Elza.

A Campanha do Agasalho sempre foi muito simpática à população de Rio Preto. Ela  se apressa em colaborar fazendo mini-campanhas ou entregando o excedente que há em sua casa.

Este ano, uma loja maçônica da cidade já se antecipou e entregou 100 cobertores novos. Nos três anos de governo Edinho Araújo,  a campanha arrecadou mais de 167 mil peças .

As entidades sociais beneficiadas são os postos do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), Albergue Noturno, Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs – asilos) e as entidades assistenciais que necessitarem, a cargo da Secretaria de Assistência Social do município.

Artigo anteriorManual orienta comerciantes sobre instalações comerciais no Mercadão 
Próximo artigoRio Preto chega a 537 casos de Covid-19
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.