Ação inédita promove o primeiro festival gastronômico on-line de Rio Preto

0
262

O setor gastronômico é, sem dúvidas, um dos que mais sentiram a crise gerada pelo isolamento social. Sem poder receber os clientes nos estabelecimentos, os restaurantes e bares, para não fecharem as portas de vez, precisaram recorrer ao sistema de entregas para poder garantir um faturamento mínimo.

Por outro lado, os estabelecimentos que já tinham força comercial no delivery, também se viram prejudicados com o grande número de concorrentes que surgiram do dia para a noite.

Neste cenário, o delivery garante um faturamento mínimo, mas pode não salvar o negócio durante a crise. Entretanto, em Rio Preto, a alta concorrência não foi motivo de discórdia, e sim de união. Assim, empresários do ramo se organizaram e criaram juntos o primeiro Festival Gastronômico Delivery de São José do Rio Preto.

O evento tem o apoio do SINHORES (Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Rio Preto e Região) e da ABR (Associação de Bares e Restaurantes de Rio Preto).

 Acontece no mês de Junho com duplo objetivo,  garantir ao cliente final uma nova experiência e aumentar o faturamento dos estabelecimentos.

O setor de alimentação é um dos pilares da economia de  Rio Preto, com mais de 2500 empresas, que geram mais de 10 mil empregos diretos e aproximadamente 30 mil indiretos.

Estima-se que apenas esse setor, fora dos tempos da pandemia, gire cerca de R$550 milhões por mês na economia local, contabilizando fornecedores e empregos indiretos. Já são mais de uma centena de restaurantes pré-cadastrados para participação nessa ação inédita.

O Festival Delivery Rio Preto ” Sabores do Mundo” será lançado no dia 05 de junho e deverá ocorrer durante 30 dias.

“ Já que ninguém pode viajar, queremos levar os sabores do mundo para dentro das casas dos nossos clientes.

Acreditamos que nesse momento tão crítico, um pouco de sabor poderá alegrar esses dias. tanto para quem já não aguenta mais ficar em casa, como para nós, que estamos tentando de tudo para vender um pouquinho a mais ”, explica Ronaldo Castro Couto, empresário e um dos organizadores do evento.

O evento é totalmente on-line.  Contará com um site que servirá como vitrine para os pratos e restaurantes participantes do evento. O cliente poderá escolher por lá o prato a ser pedido. E tanto na plataforma como nas redes sociais do evento, acontecerão algumas promoções para o cliente final. O cliente, também,  será incentivado através de concursos a fotografar e publicar pratos consumidos .

A organização do evento estima aumentar em até 20% o faturamento dos restaurantes participantes durante o período do Festival.

 

Solidariedade

A realização do Festival conta com a parceria de três agencias de comunicação. E,  mais de 70 influenciadores digitais, que se propuseram a abraçar a causa para garantir uma ampla divulgação da ação .

“estamos falando de um setor que sempre foi muito atuante como anunciante em diversos meios de comunicação. Agora é o momento para retribuir a confiança que sempre foi depositada, tanto nas agências quanto nos veículos”, argumenta o diretor da Dois Comunicação, Lucas Maluli.

 

Assista aqui a live que fizemos com o presidente do Sinhores, Paulo Silva e um dos organizadores do evento Ronaldo Couto.

(AO VIVO) Malu Visita – 28/05/2020

Paulo Silva presidente do SINHORES e o empresário Ronaldo Couto são os convidados da nossa live. A pauta é o Festival Delivery Rio Preto.#MaluVisita #AoVivo #LiveMaluVisita #Quarentena #EmCasa #Entrevista #Família #EuCuidodaVida #FiqueEmCasa #Live #Facebook #RioPreto #SJRP #SaoJosedoRioPreto #FestivalDeliveryRioPreto #ABR #primeirofestival100online #comerciolocal #salveospequenos #ficaemcasa

Posted by Malu Visita on Thursday, May 28, 2020

Artigo anteriorRio Preto confirma 11 casos de dengue em maio
Próximo artigoPoupatempo e Detran permanecem fechados
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.