Barulho D’água retrata drama de refugiados e tem no elenco, Alexandre Rodrigues, do filme Cidade de Deus

0
18

Há 11 anos, pelos menos 230 pessoas se afogaram em uma das maiores tragédias da migração na Europa. Um barco, que saia da Líbia, em direção à ilha italiana de Sicília, virou, após partir em meio a uma tempestade.

Na época, o dramaturgo italiano Marco Martinelli movido pela tragédia, decidiu transformar em dramaturgia a perda de centenas de vidas no Mar Mediterrâneo.

A peça, que já foi montada em diversos países, chega a Rio Preto e se apresenta no teatro do Sesc, dia 14, sábado, às 20h, com ingressos à venda a partir de R$9,00.

A obra é um documentário cênico multimídia que narra a tragédia de imigrantes que atravessam o Mar Mediterrâneo em embarcações e condições precárias, e se mostra como uma critica à falta de uma politica mundial para refugiados.

Para a dramaturgia do espetáculo, o diretor tomou como base depoimentos de cinco refugiados, que foram colhidos pelo próprio Marco, na ilha de Lampedusa, na região da Sicília (Itália).

O projeto no Brasil ganhou forma, a partir do encontro dos artistas Carina Casuscelli (tradução e direção) e Lenerson Polonini (provocação e iluminação), fundadores da Companhia Nova de Teatro, com o dramaturgo italiano Marco Martinelli.

O texto original conta com um monólogo, porém a versão brasileira ganhou uma adaptação sob o olhar da diretora, que optou dar vida aos refugiados. Em cena, o ator Alexandre Rodrigues (Cidade de Deus), traz à tona as angústias e aflições vividas pelos refugiados, durante a trajetória no mar.

A atriz Rosa Freitas entoa as canções do espetáculo, acompanhada, ao vivo, do ator e bailarino haitiano I Stan. Já Marcos Roza, dá vida ao general que representa os serviços das capitais europeias que praticam a “política de acolhimento”.

BARULHO D’ÁGUA

Dia 14, sábado, às 20h.
Teatro Sesc. 228 lugares. 16 anos
Ingressos à venda no portal sescsp.org.br ou nas bilheterias das unidades.
R$9,00 (Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo com credencial plena válida)
R$15,00 (Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante)
R$30,00 (Demais interessados)

Artigo anteriorRio Preto é a 4ª melhor cidade do Brasil em saneamento básico
Próximo artigoEntidades Internacionais suspendem o Olímpia Tennis Classic dada a pandemia do COVID-19
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.