Entidades Internacionais suspendem o Olímpia Tennis Classic dada a pandemia do COVID-19

0
24

A ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e a ITF (Federação Internacional de Tênis) acabam de anunciar a suspensão por seis semanas do circuito profissional de tênis masculino e feminino, devido aos problemas crescentes de saúde e segurança mundial decorrentes da pandemia do COVID-19.

Segundo os comunicados das duas entidades, todos os torneios ATP Tour, ATP Challenger Tour, ITF World Tennis Tour (masculino e feminino),  ITF World Tennis Tour Juniors, ITF World Tennis Tour Juniors, UNIQLO Wheelchair Tour, ITF Beach Tennis World Tour e ITF Seniors Tour, até dia 26 de abril, não ocorrerão.

Dessa forma, o Olímpia Tennis Classic, no Thermas dos Laranjais, em Olímpia, também está suspenso. O Torneio Internacional Feminino, que está em andamento desde início da semana, será suspenso ainda nesta quinta-feira, finalizando somente os jogos que estão em quadra. Já o Torneio Internacional Masculino, que seria realizado entre os dias 16 e 22 de março, não acontecerá mais nesta data.

A decisão da suspensão dos dois torneios pegou a todos de surpresa.

A Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, o Parque Aquático Thermas dos Laranjais e o Enjoy Hotéis & Resorts estão com toda estrutura pronta para finalizar o torneio feminino no domingo e prontos para receber os jogadores para o torneio masculino.

“Estamos com o torneio em andamento . fomos surpreendidos pela decisão da ITF. Mas entendemos a gravidade do problema mundial e a preocupação das entidades em preservar não só os jogadores, mas também todos os envolvidos nos torneios”, afirma José Mauro Wasserfirer, diretor do Torneio Internacional Feminino.

 

“É uma decisão mundial que não nos permite, infelizmente, dar continuidade ao Torneio. Lamentamos o ocorrido, porque não espelha a realidade da cidade de Olímpia, mas temos que seguir a determinação da ATP e garantir a segurança e saúde de todos os envolvidos”, destaca Roberto Marcher, diretor do Torneio Internacional Masculino.

 

 

Artigo anteriorBarulho D’água retrata drama de refugiados e tem no elenco, Alexandre Rodrigues, do filme Cidade de Deus
Próximo artigoRio Preto sedia a Aquishow Brasil 2020
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.