Rio Preto sedia a Aquishow Brasil 2020

0
45
Aquishow
Aquishow

A  Aquishow Brasil  escolheu como sede, para a edição deste ano,  São José do Rio Preto.  As dez primeiras edições foram realizadas em Santa Fé do Sul, na divisa com o Mato Grosso do Sul.

Um fator determinante para a mudança de local foi a facilidade logística que a nova sede oferece. Com uma malha viária abastecida por três importantes rodovias e um aeroporto de médio porte,  Rio Preto facilita a chegada de visitantes. A cidade conta, também,  com rede hoteleira de 32 hotéis e 5 mil leitos.

“Santa Fé do Sul nos acolheu da melhor maneira. E, agora, seguimos para ampliar nosso atendimento conforme o crescimento da própria Aquishow. Recebemos pessoas do Brasil e do exterior e Rio Preto  oferece infraestrutura para esse público”, afirma Emerson Esteves, presidente da Peixe SP (Associação de Piscicultores em Águas Paulistas e da União).

 

A Aquishow Brasil movimentou mais de R$ 20 milhões em negócios fechados durante a edição de 2019, segundo dados fornecidos por 25 dos 138 expositores, além de contratos e orçamentos que ultrapassaram os R$ 60 milhões após o evento.

A estrutura que  Rio Preto oferece também agrada a organização. O evento acontece de  26 a 28 de maio, no Centro Avançado de Pesquisa do Pescado Continental do Instituto de Pesca, órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que fica próximo à área urbana da cidade.

“No Instituto, as empresas expositoras podem colocar seus maquinários e novas tecnologias para trabalharem. fica mais fácil demonstrarem ao produtor a funcionalidade de cada um”, ressalta Marilsa Patrício, diretora da Aquishow.

 

Em 2019, a Feira recebeu mais de 3 mil visitantes, número que deve aumentar este ano. Na edição anterior, a internacionalização ganhou destaque. O evento recebeu uma comitiva de empresários do Chile, e representantes dos Estados Unidos, Canadá, Argentina, Uruguai, Japão, Dinamarca, Holanda, Noruega, Itália, Bolívia, França e Alemanha.

A Aquishow  promove uma série de palestras sobre o setor e o mercado, minicursos, concursos, intervenções e o “Prêmio de Inovação Aquícola”. Startups também participam com inovações tecnológicas.

 

Incentivo

A mudança de sede foi abraçada pela Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, e pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Pesca (órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento). Nesta 11ª edição, ambos assinam como realizadores do evento, ao lado da Peixe SP.

“É uma honra para São José do Rio Preto receber a Aquishow como um legado de Santa Fé do Sul, cidade onde também fui prefeito. Aqui na nova sede, a Feira terá todo o apoio necessário e vamos trabalhar para impulsionar a aquicultura como atividade econômica entre os produtores da nossa região”, declara o prefeito Edinho Araújo.

O Instituto de Pesca é um parceiro antigo da Aquishow. O órgão de pesquisa participou, de forma ativa, de todas as edições anteriores da Feira, sempre por meio de parcerias com a iniciativa privada.

Para a Peixe SP, organizadora da Aquishow, ter o apoio e o incentivo das esferas governamentais é de extrema importância para toda a cadeia produtiva, uma vez que o propósito central é propagar a importância da sustentabilidade da atividade sob os aspectos econômico, social e ambiental.

 

O Setor

A região Noroeste de São Paulo é uma das maiores produtoras de peixes do Brasil, seja em tanque escavado ou tanques-rede, e é responsável por cerca de 70% do peixe consumido em todo o estado. A tilápia é a raça mais produzida nesse território, que é banhado por rios importantes como Paraná, Tietê e Grande.

Em termos nacionais, o mercado cresce mesmo em momentos de instabilidade financeira. Segundo dados da Peixe BR (Associação Brasileira da Psicultura), a produção de peixes no país cresceu 4,9% em 2019, ultrapassando 758 mil toneladas. A tilápia representa 57% desse mercado.

Mais informações em www.aquishow.com.br.

 

São José do Rio Preto

 Rio Preto é um município brasileiro localizado no interior do estado de São Paulo, a noroeste e a 442km da Capital. Tem  influência direta sobre uma região que engloba mais de 100 cidades. É importante entroncamento rodoviário, cortada pelas rodovias BR-153, Washington Luís e Assis Chateaubriand. A população estimada para 2020, segundo o IBGE, é de cerca de 460 mil habitantes. É o décimo segundo mais populoso de São Paulo e o 52º do país.

É um dos principais polos industriais, culturais, educacionais e de serviços do interior de São Paulo. Os excelentes resultados da área de educação colocaram São José do Rio Preto como a 2ª melhor entre as maiores cidades do país, de acordo com estudo da consultoria de gestão Macroplan, intitulado “Os Desafios da Gestão Municipal”, divulgado em fevereiro de 2020.

A cidade destaca-se também na proteção ao meio ambiente, premiada duas vezes como a melhor gestão ambiental do estado (prêmio Município VerdeAzul). E,  conquistou o 1º lugar no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor-2019 pelas políticas públicas de incentivo aos pequenos negócios.

 

Instituto de Pesca

Dentro das diretrizes do Governo do Estado, o Instituto de Pesca procura parcerias público-privada, onde são criados os instrumentos para viabilizar a implementação e a execução do plano de governo, com o intuito de contribuir para uma aquicultura econômica, social e ambientalmente sustentável, dentro dos preceitos do Programa Cidadania no Campo, contemplando segurança, mobilidade, conectividade, preservação ambiental e saneamento.

O Instituto de Pesca compreende que a geração de negócios em feiras  contribuem ao servir de base para a transferência de conhecimento, vitrine de novas tecnologias e produtos, e network entre toda a cadeia produtiva.

 

 

Aquishow Brasil 

De 26 a 28 de maio de 2020

Centro Avançado de Pesquisa do Pescado Continental do Instituto de Pesca. Rodovia Washington Luiz, km 445 – Zona Rural, São José do Rio Preto

Informações: www.aquishow.com.br

Artigo anteriorEntidades Internacionais suspendem o Olímpia Tennis Classic dada a pandemia do COVID-19
Próximo artigoRio Preto sedia a Exposição Nacional das Raças Dorper e White Dorper
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.