Colégio Santo André acerta tema de redação da Fuvest

0
69
Colégio Santo André

A prova de redação da Fuvest 2020, aplicada no último domingo, trouxe como tema “O papel da ciência no mundo contemporâneo”. Bom para os alunos do Colégio Santo André.  Isto porque durante o segundo semestre de 2019, nas aulas de redação da escola, que são especialmente voltadas para os mais importantes vestibulares, um tema ganhou destaque: o papel da ciência.

Foram várias aulas específicas discutindo e produzindo sobre a temática a partir de propostas autorais, textos acadêmicos e jornalísticos de referência. Além disto,  foi aplicado o uso constante dos parâmetros reais de correção usados em bancas examinadoras. Particularmente, nas aulas voltadas para FUVEST, os critérios e o tema foram abordados. E também,  motivados pelo atual contexto tecnológico, os alunos do Ensino Médio do Colégio Santo André produziram uma série de podcasts de divulgação científica que foram veiculados na rádio do Colégio.

De acordo com a professora doutora e orientadora da área de Linguagens do Colégio, Maria Teresa Martins Guirado, é primordial para o sucesso dos alunos, em especial, os vestibulandos, estarem em contato com grandes temáticas.  E, a  importância da ciência foi vista de modo contínuo, aprofundado e reflexivo na escola.  Os alunos puderam compreender seu papel da sociedade, além de sentirem-se mais preparados para processos seletivos como os do ENEM, da FUVEST e da UNICAMP.

 

 

Saiba mais

O Colégio Santo André é um complexo educacional de Educação Infantil ao Ensino Médio.  É dedicado a manter e sempre aprimorar a excelência pedagógica. Acrescenta valores ao trabalho, estimula a participação dos alunos, a reflexão e o desenvolvimento de suas habilidades.

 

Conheça – https://colegiosantoandre.org.br/saojosedoriopreto/#

 

Artigo anteriorJota Quest faz show em Rio Preto, novidades do Outback e mais
Próximo artigoNúcleos de Artes e Cultura Rio Preto oferecem quase 3 mil vagas
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.